Portugal emite 995 milhões de euros de dívida com taxa de juro superior

No último leilão de dívida a médio e longo prazo do ano, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) colocou 995 milhões de euros de Obrigações do Tesouro (OT) a dez anos.

213

O número encontra-se dentro do valor indicativo apontado previamente pela instituição responsável pela emissão de dívida pública portuguesa, entre 750 e mil milhões, mas a operação concretizou-se a uma taxa de juro de 2,4294%, superior ao do anterior leilão, de 14 de outubro, quando a taxa se fixou em 2,3975%.

O custo de financiamento daquela que foi a última operação do género ficou acima da anterior realizada no mês passado, mas a procura também foi superior.

De acordo com os dados publicados nesta quarta-feira pelo IGCP, a procura das obrigações de longo prazo chegou a 1,896 mil milhões de euros, tendo-se verificado um valor 1,91 vezes acima do montante colocado.

No leilão dos títulos da dívida com maturidade a dez anos de 14 de outubro, registou-se uma procura 1,62 vezes superior ao montante colocado (950 milhões de euros), chegando aos 1,536 mil milhões de euros.