Critical Software mostra a jovens que trabalhar no espaço não é algo «lunático»

A Critical Software, em Coimbra, recebeu ontem 130 jovens do ensino secundário na sua sede para assistirem ao lançamento de um satélite que vai viajar até Marte, mostrando-lhes que trabalhar na área aeroespacial não é algo «lunático».

320

Às 09:30, os jovens, sentados no chão, olhavam atentos para o ecrã que mostrava em direto o lançamento, no cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, da primeira de duas missões europeias a Marte, num satélite que leva consigo tecnologia de empresas portuguesas, entre elas a Critical Software.

Face ao «orgulho» em participar «numa missão tão icónica», a empresa de Coimbra decidiu partilhar o momento com jovens de escolas secundárias de Coimbra e de Vila Nova de Poiares, referiu o presidente executivo da Critical, Gonçalo Quadros.