Os elogios a Salvador Sobral, o concorrente português na Eurovisão, multiplicam-se pela Europa. Desta vez, foi um jornal britânico de distribuição gratuita, o Metro, a escrever um artigo com um título contundente: “O Mundo está a apaixonar-se pela melhor participação portuguesa de sempre na Eurovisão”.

Num texto publicado na quinta-feira, o jornal assinala que o cantor tem um problema cardíaco e que a irmã, Luísa Sobral – que compôs o tema – o substitui nos primeiros ensaios do concurso, mas escreve que não há margem para dúvidas: Amar pelos Dois é um “grande concorrente” e a performance de Salvador Sobral foi mantida “o mais simples possível” para ajudar o concorrente a atuar sem problemas. “Não há movimento no palco, mas o facto apenas fortalece o impacto desta melodia intemporal”, adianta o Metro.

O jornal refere ainda que, por ser cantado em português, o tema mantém “charme e carisma”, elogiando a composição musical. “Podia ter sido um vencedor da Eurovisão na década de 50 e poderá ser um vencedor da Eurovisão em 2017”.

O artigo do jornal Metro acrescenta ainda sobre Amar Pelos Dois: “É tão diferente de tudo o resto em competição este ano, é quase certo que se tornará a participação portuguesa na Eurovisão com maior sucesso”.

Foi a primeira vez que Salvador Sobral tocou o tema fora de Portugal. O artista viaja para Kiev, na Ucrânia, apenas dois dias antes de cantar na primeira meia-final da Eurovisão, que acontece a 9 de maio. A final realiza-se a 13 de maio.