Celebra-se neste mês os 200 anos da invenção da bicicleta. Para assinalar a data, o Eurostat, gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), resolveu fazer o balanço de importações e exportações deste veículo no espaço comunitário em 2016. Resultado: Portugal foi o país que mais bicicletas exportou.

Os países da UE exportaram um total de 11 milhões de bicicletas e importaram 17 milhões, no total. A Portugal cabem 15% das exportações entre os 29 Estados-membros, o que lhe vale a liderança do ranking europeu. É nada mais nada menos do que um milhão e 650 mil o número de bicicletas que Portugal vende ao estrangeiro. O segundo maior exportador é Itália (14%) e o terceiro a Holanda (13%).

Os restantes veículos são exportados para fora da UE, com a Suíça a ser o destino de 15% das bicicletas exportadas para fora da uniãp, seguida pelos EUA (11%) e a Rússia (7%).

De fora da UE chegam 42% das bicicletas adquiridas pelos europeus. Taiwan está no primeiro lugar 24% das bicicletas importadas pela UE de países fora da união.