“A alteração de nome foi já o culminar de todo um processo muito bem pensado e estruturado. Este rebranding deu-nos uma perspetiva muito interessante. Conseguimos com que os colaboradores ficassem ainda mais comprometidos com a organização. Esta é uma imagem de futuro. Queremos caminhar para a inovação e com esta mudança conseguimos“, começa por explicar o nosso entrevistado.

Com uma prioridade clara nas áreas estratégicas de maior valor de modo a reforçar a presença nos mercados internacionais com soluções inovadoras, competitivas e sustentáveis, muitas delas desenvolvidas de raiz pela equipa de engenharia, a RACE tenciona afirmar-se como parceiro internacional de referência, continuando a expandir-se para além de mercados onde já conta com importantes projetos como no Brasil, na Roménia, em Espanha, em França, mas também em Portugal.

“Passamos nos últimos anos a organizar o nosso negócio em três produtos core: refrigeração, ar condicionado e eficiência energética. Esta reorganização serviu para nos focarmos e continuarmos a ser líderes de mercado”. Com esta ambição, alteraram o nome para RACE – que é a sigla para Refrigeration & Air Conditioning Engineering – o que representa o culminar de um processo de três anos, durante os quais se procedeu à reorganização da empresa que, além de um novo nome e imagem, está agora estruturada em torno de quatro áreas de negócio consideradas estratégicas e nucleares: Refrigeração, Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado (AVAC) e Building Efficiency.

Segundo o responsável, “o maior desfio hoje é a preocupação energética e a legislação, cada vez mais ‘apertada’ do ponto de vista ambiental. Tentamos acompanhar sempre as tendências de modo a oferecer soluções de ponta aos nossos clientes”.

Projetos e I&D 

“O Mar Shopping em Loulé é um projeto de uma magnitude incrível a nível nacional e a RACE está a fazer toda a parte de ar condicionado do espaço. Estamos a participar no primeiro investimento de um investidor estrangeiro, em Évora, num centro comercial, onde toda a engenharia é portuguesa. Esta é a primeira vez que um investidor chega a Portugal disposto a investir e escolhe a RACE. O ParkLake é um outro centro comercial na Roménia, em Bucareste, um projeto da Sonae Sierra, onde fizemos todas as instalações. Sendo que esta é a nossa maior obra em 30 anos de trabalho. Ainda no âmbito internacional, no Brasil, em Belo Horizonte, numa fábrica de nanochips, a única no hemisfério Sul que concebe este tipo de produtos. Por cá, inauguramos este mês uma loja com um conceito inovador com a integração de todos os nossos produtos. Todos os projetos foram pensados por nós, portugueses”, declara Frederico Rosa.

A RACE tem, continuamente, instalado soluções energéticas que se têm traduzido em milhares de euros de reduções de custos. Com equipas extremamente operacionais que, de acordo com o nosso interlocutor, “permitem acompanhar os clientes e a melhorar estratégias e procedimentos de forma contínua”, uma vez que, “hoje não há nenhum segmento de mercado que não seja competitivo e por isso é nossa intenção oferecer um fator distintivo tratando de tudo aquilo que é a nossa especialidade”.

“Vamos até onde chegarem os nossos clientes” 

“O ‘rebrand’ passa essencialmente pela distinção e pelo foco em três produtos foco, sempre com vista a inovação e foco no cliente. Já temos projetos em vários países e queremos continuar a conquistar mais, com a melhor performance e com a melhor solução energética”.

Neste campo a marca desenvolveu um laboratório, o RACE LAB, onde testam as soluções de engenharia que são feitas “à medida”, assim como “a aplicação de tecnologias inovadoras e sustentáveis que maximizam a eficiência, a segurança, o conforto e o negócio dos clientes”.

A marca está por isso mesmo em constante desenvolvimento de soluções de engenharia que permitem antecipar novas tendências, inclusive legais, e que permitam reduzir recursos, e ao mesmo tempo, melhorar eficiências e gerar mais valor para os clientes.

É com esta atitude de geração de valor e com a sua capacidade de inovar e entregar soluções à medida que a RACE é reconhecida enquanto líder global de mercado no desenho e implementação de projetos de engenharia de refrigeração comercial e industrial, na conceção e execução de instalações de ar condicionado, ventilação e instalações elétricas, bem como na conceção e implementação de sistemas de gestão computorizados remotos que permitem a monitorização e o controlo dos múltiplos equipamentos de um edifício, que passam pela refrigeração, ar condicionado e controlo, bem como toda a monitorização e otimização energética da globalidade da instalação.

30 Anos de experiência 

Fundada em 1985 com a designação de Selfrio – Engenharia do Frio, S.A, a RACE tinha como objetivo prestar serviços de assistência técnica, conceção, fabrico e construção de instalações comerciais/industriais na área da refrigeração. Entrou na área de AVAC (Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado) em 1992 através da SISTAVAC, uma empresa com cariz vincadamente tecnológico e vocacionada para a conceção/construção integrada de instalações mecânicas, hidráulicas, elétricas e gestão técnica centralizada.

Em 1998 a SISTAVAC iniciou o seu processo de internacionalização, estando presente no Brasil, Espanha e Angola. Hoje, sob a denominação de RACE, conta com505 colaboradores, distribuídos pelas várias delegações, e teve um volume de negócios em 2016 na ordem dos 67 milhões de euros. A empresa integra o universo SONAE, com 70% do seu capital pertencente à Sonae Capital e 30% à norte-americana Johnson Controls.