Stress emocional é o nome dado a uma patologia mental, por vezes crónica, que se carateriza pela intensidade dos sentimentos perturbadores. Esta condição espelha-se por uma sensibilidade emocional de tal forma excessiva que condiciona as emoções e pensamentos da pessoa.

O stress emocional desencadeia-se de forma silenciosa e natural, dificultando bastante a sua perceção e diagnóstico, informa o site Food Matters, destacando que este tipo de stress causado por emoções está na base de muitos distúrbios alimentares e daquilo a que a ciência chama de fome emocional.

De acordo com a publicação, entre os principais sintomas de stress emocional estão os seguintes:

1 – Necessidade (não biológica) de comer alimentos que tragam conforto, calma e prazer;

2 – Ganho inesperado de peso, especialmente na zona abdominal;

3 – Fadiga extrema;

4 – Problemas de memória;

5 – Dificuldades em dormir;

6 – Mudanças de humor ou maior sensação de irritação;

7 – Incapacidade de recuperar de mudanças na rotina, como troca de emprego ou de casa.

Por se tratar de uma condição que alia duas das mais potentes condicionantes de bem-estar – o stress e as emoções -, o stress emocional pode estar ainda na origem de alguns problemas de saúde, especialmente quando esta sensibilidade emocional excessiva é crónica e não controlada. As doenças cardiovasculares são um exemplo.