Aula ao ar livre sensibiliza crianças portuguesas para a falta de condições dos alunos em Moçambique

A sensibilização de crianças para as condições adversas a que os alunos das zonas rurais do norte de Moçambique estão sujeitos no regresso às aulas foi o mote para a iniciativa 'Aula...sem sala' da associação HELPO.

97

Uma aula ao ar livre, sem paredes ou teto, com pessoas e viaturas a passar, com sol e vento intenso, já as mesas e as cadeiras são de madeira, bem como o quadro do professor, onde se escreve a giz, foram estas as condições que alguns alunos de Lisboa encontraram esta manhã na Praça do Oriente, no Parque das Nações.

“A ideia surgiu precisamente pela época que estamos a viver, do regresso às aulas, e pelo contraste imenso com que decorre em diferentes países”, disse à Lusa a coordenadora geral e executiva da HELPO, Joana Clemente, acrescentado que “o regresso às aulas não é igual para todos, mas pode ser”.