sismo que abalou, esta madrugada, a costa sul do México fez cinco mortos, entre eles duas crianças. O governador Arturo Nunez indicou que uma das crianças morreu na sequência da derrocada de uma parede, e a outra, um bebé, morreu num hospital pediátrico que ficou sem eletricidade, interrompendo o funcionamento do ventilador a que estava ligado.

As outras três mortes foram registadas no estado de Chiapas, em San Cristobal de las Casas. Segundo o jornal nacional La Prensa, em Chiapas foi reportada a morte de duas mulheres.

O terramoto teve uma magnitude de 8.4 na escala de Richter e fez emitir alerta de tsunami para oito países. O abalo teve o epicentro junto à fronteira com a Guatemala e sentiu-se na Cidade do México, capital do país.

Inicialmente, foi referido que o terramoto havia tido uma intensidade de 8.1, entretanto atualizada para 8.4 na escala de Richter. Foram ainda registadas cinco réplicas de magnitudes 5.4 e 5.7.

O Centro de Alerta do Pacífico informa que o tsunami já se começou a formar. Os países sobre os quais incidem o alerta são México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador.

As autoridades nacionais apelam aos populares para que usem as redes de telecomunciações apenas para contactos de emergência, de forma a evitar uma saturação. Comunicações via WhatsApp são uma alternativa.