A presidente da Câmara de Barcelona, Ada Colau, denunciou esta segunda-feira agressões sexuais por parte da polícia durante os incidentes no referendo da Catalunha. Em declarações à AC1, a autarca deu vários exemplos de testemunhas que foram vítimas desses actos.

Colau indica que houve um dos casos que aconteceu em Barcenoleta, um dos bairros de Barcelona. “Recebemos vários testemunhos de mulheres que relatam agressões sexuais. Temos um caso, por exemplo, da Barceloneta, que ocorreu durante as cargas”, afirmou.

Outro dos casos que denunciou aconteceu em Pau Claris, em Eixample, também em Barcelona. A esta jovem a polícia terá partido os dedos da mão e tocado nos seios.