Hoje é Dia Mundial da Saúde Mental

Tudo aquilo que fazemos tem um impacto mais ou menos direto na saúde da nossa mente. Os hábitos diários,são um exemplo, mais rotineiros, que tanto podem funcionar para o bem como para o mal da saúde mental.

125

Para assinalar a data – que ganha cada vez mais destaque um pouco por todo o mundo -, a Alzheimer Portugal lança um alerta.

Num comunicado enviado às redações, o organismo destaca alguns dados publicados recentemente na revista científica The Lancet e que defendem que é possível evitar um em cada três casos de demência. Como? Basta travar os principais fatores de risco que resultam dos maus hábitos, como é o caso da obesidade, da diabetes, da hipertensão e do sedentarismo. Mas não só. Estes são os potenciais responsáveis pela má saúde mental que se irá verificar num futuro um tanto ou quanto próximo.

“Infelizmente, os grandes fatores de risco para a demência – a idade e os genes – não são possíveis de controlar. Por isso mesmo, é importante fazer o que está ao nosso alcance: adotar um estilo de vida saudável e alterar os nossos hábitos”, destaca José Carreira, presidente da Alzheimer Portugal.

E como a prevenção da demência depende em grande parte de nós, a Alzheimer Portugal dá a conhecer aqueles que são os sete passos a ter em conta para cuidar da saúde mental todos os dias:

1 – Lembre-se do seu cérebro, mantendo-o ativo;

2 – Lembre-se da sua alimentação, optando por escolhas saudáveis. E estes são os melhores alimentos para o cérebro;

3 – Lembre-se da sua saúde, praticando exercício físico;

5 – Lembre-se da sua vida social, participando em atividades conjuntas;

6 – Lembre-se dos seus hábitos, abdicando do tabaco, das bebidas alcoólicas e da má qualidade de sono;

7 – Lembre-se da sua cabeça, protegendo-a contra potenciais lesões.