Passados quatro anos, com 155 lojas espalhadas pelo país e, seguindo uma estratégia de crescimento, a DIA Portugal adquiriu a cadeia de lojas Minipreço. Numa primeira fase coexistiram as duas insígnias. Contudo, após um estudo de mercado decidiu-se aproveitar a notoriedade da insígnia Minipreço e as lojas DIA Portugal adotaram esta designação. Em 2013, seguindo a estratégia de expansão, e fruta da aquisição pela DIA da rede de lojas Schlecker na Península Ibérica, nascem as primeiras lojas Clarel.

É através da insígnia Minipreço que o Grupo DIA é o maior franqueador do mercado nacional no setor da distribuição alimentar com um perímetro de mais de 620 lojas no total, sendo que 250 operam no regime de franquia. Perante estes números, é seguro afirmar que a franquia continua a ser um dos pilares fundamentais do modelo de negócio em Portugal do Grupo DIA. A consolidação do parque de lojas resulta de uma política consistente de crescimento de lojas próprias, aliada a uma forte estratégia dedicada ao sucesso do modelo de franquias.

Os empreendedores nacionais que se juntam ao universo Minipreço acreditam numa fórmula testada e comprovada e que está na base do seu próprio sucesso enquanto empresários, o que tem contribuído para captarmos um número crescente de potenciais interessados na abertura de um supermercado Minipreço.

Contudo, todos os negócios acarretam riscos e o modelo de franquia no setor da grande distribuição não é exceção. Sendo a franquia uma componente estratégica das operações do Grupo DIA em Portugal, todo o processo de seleção, aconselhamento e implementação de cada loja Minipreço é precedido de um exaustivo acompanhamento de uma equipa altamente especializada no negócio da distribuição, que assessoria os futuros proprietários de um supermercado Minipreço em todos os pormenores, desde a escolha do local até aos processos contabilísticos próprios do seu funcionamento. Posteriormente, a nossa rede de supervisores de loja faz um acompanhamento semanal à nova loja, corrigindo pormenores, otimizando processos e aconselhando estrategicamente os novos empresários que se juntam ao nosso modelo de negócio, para que o seu crescimento seja o nosso crescimento. É um percurso comum que abraçamos em extensa parceria.

Mas, abrir um supermercado Minipreço é muito mais do que abrir um simples negócio. É um projeto para a vida que envolve todo o ecossistema familiar, com impacto na economia local onde a franquia se instala. A fórmula de sucesso para uma empresa de distribuição depende de muitos fatores. Um deles é incontornável: o compromisso com a satisfação dos seus clientes. Atualmente, mais de 3 milhões de famílias demonstram a sua confiança nas lojas Minipreço diariamente, sendo inegável que a marca consolidou a sua imagem como sinónimo de uma excelente relação preço-qualidade dos seus produtos face à concorrência. Esta imagem de solidez e confiança coloca a marca entre as mais respeitadas do mercado nacional, tornando-a muito atraente para os franquiados que encontram as condições perfeitas para um negócio de sucesso. Some-se a todos este fatores, uma filosofia empresarial que tem como princípios a eficácia, iniciativa, respeito, espírito de equipa e foco no cliente, e temos uma fórmula vencedora.

É por isso que todos os anos, quando medimos a taxa de sucesso dos nossos franquiados, os números são bastante animadores.

Mas queremos, acima de tudo, que todo o processo de investimento seja o mais transparente possível, colocando à disposição de todos os interessados um alargado conjunto de informações prévias que estão sucintamente enunciadas num website criado para o efeito em franquia.minipreco.pt

Em termos genéricos disponibilizamos dois modelos de franquia. Um modelo em que o franquiado suporta o investimento realizado e assume a propriedade do ponto de venda e a sua gestão e um segundo formato onde o Grupo DIA assume e realiza o investimento, assumindo o franquiado a gestão da loja. O investimento mínimo é de 12.500 euros sendo que, em função dos formatos disponíveis, o empate de capital é traduzido num conjunto de serviços de apoio à gestão e imobilizado, para que o franquiado assuma a gestão do espaço e comece de imediato a explorar o ponto de venda. Em suma, oferecemos a todos os franquiados um apoio constante na otimização de processos por forma a maximizar os resultados operacionais.

É certo que o mercado da grande distribuição nos últimos anos transformou-se, e o grupo DIA estando atento a estas movimentações, reformulou os seus conceitos de loja, procurando responder às novas tendências e desafios que os consumidores nos colocam, num setor cada vez mais competitivo, com mais unidades e agressividade comercial. Contudo, toda esta estratégia mantém um denominador comum: oferecer os melhores preços às famílias portugueses sem comprometer a qualidade a que estão habituados.

Acima de tudo, preocupamo-nos em servir as populações das zonas envolventes onde estamos localizados com uma abrangente oferta aos melhores preços. É uma relação de confiança e de proximidade que é transversal ao nosso perímetro de lojas próprias e franquiadas e da qual não abdicamos. A constante melhoria das nossas lojas em todas as vertentes tem permitido diversificar o nosso perfil tipo de cliente. Esta relação de fidelização e proximidade obriga-nos a trabalhar diariamente com o objetivo de sermos mais eficientes, para oferecermos um sortido de qualidade ao alcance de todos.

Mas nada disto seria possível sem a coesão de um forte grupo internacional. A DIA está cotada na Bolsa de Madrid, fazendo parte do Ibex 35, o índice de referência do mercado bolsista espanhol. Em 2016, as vendas brutas sob insígnia alcançaram os 10.550 milhões de euros e o número de estabelecimentos ascendia a 7.799 nos países onde opera, Espanha, Portugal, Brasil, Argentina e China.

Por tudo isto, a franquia Minipreço é um modelo de negócio que permite a entrada de empresários nacionais num universo empresarial sólido e de confiança, com uma política de crescimento consistente com uma forte estratégia dedicada ao sucesso do modelo de franquias.