Surto de sarna no Hospital de Barcelos infetou 26 profissionais

Um surto de sarna infetou 26 profissionais do Hospital de Barcelos, mas não foi detetada qualquer sintomatologia nos doentes, informou hoje o Conselho de Administração daquela unidade.

169

Em comunicado enviado à Lusa, o Conselho de Administração do Hospital Santa Maria Maior acrescenta que os casos de escabiose (vulgo sarna) ocorreram no final de dezembro e se circunscreveram ao piso 5.

“Não foi, no entanto, detetada qualquer sintomatologia em doentes internados no mesmo piso, pelo que o funcionamento do serviço é absolutamente normal”, sublinha.

Aos 26 profissionais em causa foi proporcionada a realização de uma consulta de dermatologia, tendo-lhes sido sugerido o tratamento, “que deveria ser alargado aos familiares conviventes, por prevenção e independentemente da existência de sintomatologia”.

“O tratamento em causa já foi iniciado, estando também a ser tomadas as medidas necessárias de controlo ambiental”, refere o mesmo comunicado.

O Conselho de Administração do Hospital de Barcelos “assegura a normalidade da situação, considerando que o surto que se verificou está já devidamente controlado e os profissionais que referiram sintomatologia estão já a realizar o devido tratamento”.

“Esta situação não afeta de nenhuma forma a qualidade e segurança da realização da atividade assistencial e do trabalho dos profissionais”, acrescenta.

O Conselho de Administração do Hospital Santa Maior assegura, assim, “que se mantêm reunidas as condições para a manutenção da confiança que até à data os utentes têm demonstrado pelos serviços prestados”.

LUSA