Lisboa acolhe pela primeira vez uma ‘jazz summit’

Lisboa vai acolher em setembro a Conferência Europeia de Jazz, um evento que poderá ajudar à internacionalização do jazz português, disse à agência Lusa o músico e programador Carlos Martins.

503

“Pela primeira vez na história do jazz português, haverá um ‘jazz meeting’ europeu entre nós. Nunca houve uma ‘jazz summit’ em Portugal”, sublinhou Carlos Martins, a propósito desta reunião internacional promovida pela Europe Jazz Network, da qual a Associação Sons da Lusofonia faz parte.

A quinta edição da European Jazz Conference decorrerá de 13 a 16 de setembro, no Centro Cultural de Belém (CCB), com debates, ‘workshops’, visitas culturais, um concerto de gala e atuações de bandas portuguesas.

Carlos Martins explicou que, através da associação Sons da Lusofonia, apresentou uma candidatura à organização desta ‘jazz summit’ – superando candidatos de Roma e Colónia, por exemplo – e contou com o apoio do CCB e da autarquia de Lisboa, com um orçamento de cerca de 100 mil euros.

Com a presença esperada de algumas centenas de pessoas ligadas ao universo do jazz, entre músicos, investigadores, promotores de festivais, editores discográficos, Carlos Martins sublinhou que o objetivo não é ter mais uma feira de negócios e de contactos.

“No caso do jazz português é preciso romper o muro geográfico e promovê-lo fora de Portugal, porque o país não tem dimensão para a qualidade extraordinária do jazz português. É preciso que se expanda e tenha uma estratégica organizada”, disse Carlos Martins.

Ainda sem programação revelada, a organização anunciou que está em curso o processo de candidaturas para os ‘showcases’, abertas a músicos e grupos de nacionalidade portuguesa, na área do jazz.

Os candidatos serão avaliados por um júri internacional e os escolhidos terão oportunidade de fazer uma digressão internacional.

LUSA