Em causa estarão mísseis que terão sido abatidos na região de Homs, explica a Associated Press.

O Pentágono já fez saber que os Estados Unidos não têm nenhuma atividade militar a decorrer ali.

A garantia chegou através de Eric Pahon, porta-voz do Pentágono, dá conta a Reuters.

O alvo dos mísseis seria a base aérea de Shayrat.