A Católica Global School of Law, da Universidade Católica Portuguesa foi uma vez mais distinguida pela qualidade dos seus programas LL.M. (Master of Laws). Que fatores considera que estão na origem desta distinção?

A Católica Global School of Law, unidade integrante da Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, nasceu em 2009 criando condições inovadoras para o ensino do Direito Global.

Foi a primeira escola em Portugal a oferecer um LL.M, um programa pós-graduado, totalmente lecionado em inglês e através de um novo modelo de ensino que promove a interatividade, a interdisciplinaridade e a multiculturalidade na sala de aula.

Oferece ainda um acesso exclusivo a um grupo de professores das mais reconhecidas universidades globais para além de colocar alunos de todo o mundo na mesma sala.

Já recebemos estudantes de mais de 45 nacionalidades, da Alemanha aos Estados Unidos, passando pela China, Índia e Brasil. Este inovador projeto tem vindo a ser cada vez mais reconhecido a nível nacional e internacional, colocando a CGSL na liderança da inovação e da internacionalização.

O mestrado subiu da 14ª posição em 2017 para a 12ª posição no ranking este ano, e ficou à frente de outros programas de direito de outras escolas portuguesas e estrangeiras prestigiadas na Europa Ocidental. Que mais-valias ou fatores diferenciadores oferece aos estudantes e profissionais que o procuram?

O LL.M. Law in a European and Global Context, coordenado pelos professores Joseph H.H. Weiler (NYU) e Miguel Poiares Maduro (Instituto Universitário Europeu, Florença) dirige-se a jovens juristas que pretendem alargar horizontes jurídicos, acedendo a perspetivas europeias e transnacionais sobre as diferentes áreas do direito. Este programa prepara estes profissionais para um mercado global onde serão capazes de se adaptarem a diferentes jurisdições.

Além do LL.M. “Law in a European and Global Context”, colocaram outro mestrado no ranking dos melhores da Europa Ocidental: o“Advanced LL.M. em “International Business Law”, destinado a juristas com experiência profissional, que ocupa o 29º lugar. Que especificidades tem este outro mestrado?

O Advanced LL.M. in International Business Law é dirigido a advogados e outros juristas, já possuidores de experiência profissional. Este programa, com a 1ª edição em 2006-2007, proporciona a formação necessária a quem pretenda assessorar grandes empresas internacionais ou instituições financeiras multinacionais, quer como juristas de empresa, quer como advogados em grandes escritórios. Poderá ser, na área de Direito, comparável ao MBA, na área da Gestão.

De que forma é possível descrever a forma de como a Católica Global School of Law proporciona o acesso à formação necessária a quem pretende assessorar empresas que operam no mercado internacional ou instituições financeiras multinacionais?

A Católica Global School of Law está posicionada como escola internacional de referência no Direito transnacional em Portugal, contando com reconhecidos professores americanos e europeus assim como com parcerias internacionais com várias escolas de Direito de renome internacional.

Para além deste grupo académico de renome, e devido a um corte inovador com o ensino tradicional, os alunos tem a oportunidade de aprender não apenas com os professores, mas também entre si, devido a uma partilha enriquecedora dentro da sala de aula, por serem grupo de profissionais promissores e com origens e jurisdições distintas. Este inovador projeto tem vindo a ser cada vez mais reconhecido a nível nacional e internacional uma vez que reúne as condições necessárias para a preparação e formação do advogado do futuro, o advogado global.

Inovação é hoje a palavra de ordem para as instituições. Essa tem sido a aposta constante para vocês?

Sem dúvida. É prioritário manter a liderança na inovação e também na internacionalização. Queremos crescer em alguns mercados e aumentar as nossa presença e visibilidade assim como inovar em algumas áreas como por exemplo na ligação entre Direito e Tecnologia.

A Universidade Católica foi uma das primeiras na Europa continental a oferecer programas de LL.M. Hoje que destaque assume a nível nacional e internacional?

Continuamos a ocupar um lugar de destaque na oferta de programas de LL.M pela diversidade e complementaridade de abordagens, por professores americanos e europeus, que muito dificilmente os alunos conseguiriam ter numa outra universidade.

Para além da extensa rede de parcerias internacionais que temos com universidades de topo a nível mundial que permite aos alunos aproveitar programas de mobilidade internacional em instituições como King’s College, ou Cornell University, entre outras.