Inicio Tags Centro Cultural de Belém

Tag: Centro Cultural de Belém

Lisboa: concertos gratuitos e mais de 500 músicos do jazz reunidos

Entre músicos, promotores, agentes, programadores, responsáveis dos principais festivais de jazz e editoras, os participantes serão mais de 500 – “um recorde de inscrições” – naquela que é, de acordo com a organização, a “edição mais concorrida de sempre”.

Os profissionais irão reunir-se entre quinta-feira e sábado, no Centro Cultural de Belém (CCB), “para trocar conhecimento e experiência numa ‘summit’ [cimeira] sem precedentes”.

Em janeiro, quando anunciou a realização do evento, o programador e saxofonista Carlos Martins explicava à Lusa que este encontro em Lisboa poderia ajudar à internacionalização do jazz português.

“No caso do jazz português, é preciso romper o muro geográfico e promovê-lo fora de Portugal, porque o país não tem dimensão para a qualidade extraordinária do jazz português. É preciso que se expanda e tenha uma estratégica organizada”, disse.

A programação da conferência, a decorrer de manhã à noite, inclui palestras da cantora portuguesa Maria João, que falará sobre o percurso no jazz, e do francês François Pachet, diretor da área de pesquisa da plataforma de música Spotify, e vários ‘showcases’ de música portuguesa: Impermanence, Bode Wilson Trio, Axes, Pedro Melo Alves’ Omniae Ensemble, Quarteto Beatriz Nunes e TGB.

Aproveitando a celebração do Ano Europeu do Património Cultural, os participantes serão convidados a visitar um espaço cultural ou museu da zona de Belém. A visita será feita por um narrador ou um músico de jazz, que atuará no local.

Ainda durante a conferência, a associação Europe Jazz Network fará uma assembleia geral, terá grupos de discussão sobre temas como educação pelo jazz, inclusão social e igualdade de género. Serão ainda atribuídos prémios entre os membros associados – festivais, promotoras, produtoras – e apresentado um livro sobre a história do jazz europeu.

Além disso, haverá vários concertos abertos ao público, “que visam mostrar o melhor jazz que se faz atualmente na Europa”.

O Grande Auditório do CCB será palco, na quinta-feira, de um espetáculo da Orquestra de Jazz de Matosinhos, com a participação especial de Maria João, do pianista João Paulo Esteves da Silva, do acordeonista João Barradas e do saxofonista João Mortágua.

Na sexta-feira, juntam-se em palco o trio norueguês Espen Eriksen e o saxofonista britânico Andy Sheppard e, no sábado, atua o projeto New Conception of Jazz, do pianista e compositor norueguês Bugge Wesseltoft.

A conferência é organizada pela Europe Jazz Network, em parceria com a associação Sons da Lusofonia e com o CCB.

No ano passado, a Conferência Europeia de Jazz aconteceu em Liubliana, na Eslovénia.

LUSA

Centro Cultural de Belém festeja hoje 25 anos com Dia Aberto

“CCB 25 Anos”, que é inaugurada às 19:00, vai ficar aberta ao público até 27 de maio, mas a programação começa logo às 10:00 com uma feira do livro, onde estarão várias edições publicadas pelo CCB, estando também previstas visitas aos bastidores.

A exposição vai relembrar os momentos da génese e formação do CCB, cujo projeto foi decidido em 1988 e entregue por concurso ao consórcio de arquitetos Vittorio Gregotti e Manuel Salgado.

Concluído em 1992 para acolher a primeira presidência portuguesa da então Comunidade Económica Europeia, o CCB abriu ao público em 21 de março de 1993, há 25 anos, e tem vindo a apresentar milhares de espetáculos de várias áreas e eventos de organismos públicos e privados.

A programação de hoje inclui ainda oficinas de música para os mais novos, que vão culminar num miniconcerto, e uma associação com a RTP, o primeiro parceiro do CCB, que vai envolver os diferentes canais de rádio e TV, e a consulta dos Arquivos RTP sobre o CCB, na Sala de Leitura.

O 25.º aniversário da abertura do CCB vai contar ainda com a apresentação, às 17:00, das propostas finalistas de uma possível extensão dos edifícios, desenvolvidas no âmbito do projeto “Relâmpago NucleAR”, que mobiliza 140 estudantes do Instituto Superior Técnico, através do mestrado integrado e do núcleo de arquitetura (NucleAR).

A programação das celebrações prolonga-se até ao fim do ano, com várias iniciativas, desde concertos até à estreia de um espetáculo encomendado à companhia Mala Voadora.

LUSA

Lisboa acolhe pela primeira vez uma ‘jazz summit’

“Pela primeira vez na história do jazz português, haverá um ‘jazz meeting’ europeu entre nós. Nunca houve uma ‘jazz summit’ em Portugal”, sublinhou Carlos Martins, a propósito desta reunião internacional promovida pela Europe Jazz Network, da qual a Associação Sons da Lusofonia faz parte.

A quinta edição da European Jazz Conference decorrerá de 13 a 16 de setembro, no Centro Cultural de Belém (CCB), com debates, ‘workshops’, visitas culturais, um concerto de gala e atuações de bandas portuguesas.

Carlos Martins explicou que, através da associação Sons da Lusofonia, apresentou uma candidatura à organização desta ‘jazz summit’ – superando candidatos de Roma e Colónia, por exemplo – e contou com o apoio do CCB e da autarquia de Lisboa, com um orçamento de cerca de 100 mil euros.

Com a presença esperada de algumas centenas de pessoas ligadas ao universo do jazz, entre músicos, investigadores, promotores de festivais, editores discográficos, Carlos Martins sublinhou que o objetivo não é ter mais uma feira de negócios e de contactos.

“No caso do jazz português é preciso romper o muro geográfico e promovê-lo fora de Portugal, porque o país não tem dimensão para a qualidade extraordinária do jazz português. É preciso que se expanda e tenha uma estratégica organizada”, disse Carlos Martins.

Ainda sem programação revelada, a organização anunciou que está em curso o processo de candidaturas para os ‘showcases’, abertas a músicos e grupos de nacionalidade portuguesa, na área do jazz.

Os candidatos serão avaliados por um júri internacional e os escolhidos terão oportunidade de fazer uma digressão internacional.

LUSA

EMPRESAS