Inicio Tags Escolha do Consumidor

Tag: Escolha do Consumidor

“A marca Meu Super incentiva o franquiado a ser o rosto da sua loja”

O grande fator de sucesso da marca Meu Super passa pelo seu conceito de proximidade. Que outras valias apresenta a marca para consumidores e para empresários e empreendedores?

As lojas Meu Super localizam-se predominantemente em zonas habitacionais ou de grande fluxo pedonal, apostando num comércio de proximidade dentro das localidades em que estão inseridas.

Uma das maiores vantagens competitivas do Meu Super é a gama de produtos ajustada às necessidades da comunidade, onde cada supermercado está inserido, sendo esta uma das razões para cada loja ser única.

Os clientes do Meu Super, além de encontrarem os produtos das suas marcas de eleição, têm ainda disponíveis os produtos da marca própria Continente, eleita Marca de Confiança dos portugueses desde 2003, sem ter que se deslocar a um hipermercado.

Estes poderão também usufruir de todas as vantagens proporcionadas pelo Cartão Continente, através de descontos na loja e de benefícios numa rede alargada de parceiros, destacando a Galp e a Well’s.

Foi eleita Escolha do Consumidor (pela terceira vez consecutiva), Escolha do Consumidor Excellentia e ainda Cinco Estrelas em 2018.

Este negócio tem como principais mais valias ter sido desenvolvido especificamente para o formato de franquia, tanto para lojas de raiz como para lojas já existentes, sem fees, nem direito de entrada,

Um dos principais fatores de sucesso é ter o apoio de uma equipa, que faz parte de um grupo com mais de 30 anos de experiência no retalho alimentar, exclusivamente dedicado ao negócio que ajuda em todas as fases do processo, tendo já uma rede mais de 300 lojas.

Em 2018 ganhou ainda três prémios de franchising, pelo terceiro ano consecutivo (Expansão Nacional, Expansão Comercio, Expansão Geral).

Foram a marca que cresceu mais em franquia em 2015 e 2016. O que justifica este sucesso? Que balanço é possível fazer de 2017?

O sucesso das lojas Meu Super deve-se, ao modelo de negócio especificamente desenvolvido para o formato de franquia, o que nos permite estarmos focados em apoiar os nossos parceiros, bem como, os seus clientes, que também são os nossos clientes. Oferecemos soluções vantajosas para ambas as partes: franquiados e consumidores. O nosso objetivo foi superado e terminámos o ano 2017 com 300 lojas. Pretendemos, em conjunto com os nossos parceiros, dar continuidade ao trabalho até agora conseguido.

A tendência do consumo nos últimos anos tem vindo a alterar, principalmente no retalho alimentar de proximidade que tem ganho cada vez mais clientes. Além do fator diferenciado de uma experiência mais personalizada, os consumidores estão cada vez mais recetíveis a fazer compras perto de casa ou do trabalho, e não ter que se deslocar até grandes superfícies para efetuar as compras do mês, repartindo a lista de compra consoante as necessidades do dia a dia, ganhando mais tempo para fazer o que gostam.

De que forma é que asseguram a viabilidade do investimento ao nível do franchising? O fato de terem a Sonae MC como «estandarte» deste processo é um fator positivo e, talvez, até decisivo?

No sector do comércio a retalho há uma evidente evolução. O sucesso de um negócio pode resumir-se à capacidade que cada retalhista tem de se atualizar e de responder à exigência do consumidor atual.

Pretendemos continuar a contribuir para a revitalização do comércio tradicional e para a criação de novos empregos.

Acreditamos que o fato de fazermos parte do Grupo Sonae é um fator decisivo, pois é o maior e mais conceituado operador português de retalho alimentar, com décadas de experiência acumulada no desenvolvimento de novas lojas, novas insígnias e novas marcas, sempre com o objetivo de satisfazer as necessidades dos consumidores.

Um dos pontos chave para o sucesso passa pela sintonia entre franqueador e franqueado. Como perpetuam essa dinâmica de acordo? Qual o vosso papel na promoção dessa solidez e consistência entre ambos?

A marca Meu Super incentiva o franquiado a ser o rosto da sua loja, para uma experiência de compra personalizada. É este formato de proximidade, juntamente com um forte conhecimento dos seus clientes, que permite às lojas oferecer um serviço de qualidade e singular que cria um elo emocional com os seus clientes, algo que não é conseguido em lojas de grande dimensão.

Existe uma equipa própria preparada para acompanhar as lojas, desde o momento de pré-abertura da loja e que acompanha a loja no seu dia a dia. O nosso modelo de negócio é um processo de parceria, feito lado a lado.

Porque é que o Meu Super é um conceito de franchising inovador?

A inovação é importante para o nosso mercado, nomeadamente ao nível de desenvolvimento de produto e em novos conceitos de desenvolvimento do negocio. A experiência do consumidor continuará a ser um dos eixos de atuação da marca.

O risco é, naturalmente, uma vertente que está sempre associada a qualquer negócio. Desta forma, como procuram minimizar este risco para aqueles que vos procuram?

Os parceiros beneficiam do “know-how” do maior retalhista e líder em Portugal, que lhes oferece todo o apoio no estudo de suporte à decisão na localização da sua loja, desde o layout, definição da gama, montagem da loja, soluções de IT de suporte ao negócio e formação das equipas. Podem ainda contar com toda a estrutura logística da Sonae.

Ao nível de espaços existentes em Portugal em que ponto estão neste momento? Qual o plano/desiderato para 2018?

O grande desafio é alargar a rede de lojas da marca e chegar cada vez mais perto das famílias portuguesas. Estamos convencidos de que há ainda espaço para estes formatos de proximidade crescerem quer na criação de novas lojas quer na modernização de lojas já existentes, sobretudo, porque os portugueses fazem cada vez mais compras de pequena dimensão e de forma mais frequente, o que favorece bastante as nossas lojas.

O franchising em Portugal tem crescido bastante. O que significa isto? De que forma é que este vetor de mercado é importante na redução, por exemplo, dos níveis de desemprego em Portugal?

O franchising do Meu Super é um caminho para revitalização dos seus negócios ou desenvolvimento de novas atividades: beneficiam da garantia de preços competitivos, de uma gama ampla e profunda de produtos de marca própria e de fornecedor, adaptável, a realidades distintas, da disponibilização de folhetos promocionais quinzenais e da utilização de sistemas informáticos idênticos aos das restantes lojas da Sonae. Pretendemos continuar a contribuir para a revitalização do comércio tradicional e para a criação de novos empregos.

Atualmente, o Meu Super totaliza mais de 300 lojas, o que representa mais de 1200 postos de trabalho e 50.000 m2 de superfície comercial.

Inovação e Apoio da Casa Mãe são os dois pontos mais essenciais para alcançar o êxito com e no Meu Super?

O Grupo Sonae é o maior e mais conceituado operador português de retalho alimentar, com décadas de experiência acumulada no desenvolvimento de novas lojas, novas insígnias e novas marcas, sempre com o objetivo de satisfazer as necessidades dos seus clientes.

Os parceiros da Sonae MC na rede Meu Super beneficiam de um conjunto alargado de vantagens que lhes confere competitividade no mercado nacional.

A terminar, porque é que apostar no modelo Meu Super é apostar numa orgânica vencedora e de sucesso?

Significa escolher um formato ganhador, sólido, consistente e seguro, com vantagens claras para empresários, empreendedores e consumidores. Isto traduz-se em contactos permanentes e em decisões conjuntas.

Crioestaminal distinguida com os prémios Escolha do Consumidor e Cinco Estrelas

AINDA HÁ MUITO POR DESCUBRIR, MAS HOJE JÁ SABEMOS QUE AS CÉLULAS ESTAMINAIS SALVAM VIDAS

O sangue do cordão umbilical é atualmente considerado uma fonte de células estaminais alternativa à medula óssea e pode ser usado para o tratamento de mais de 80 doenças, que incluem doenças do sangue (como leucemias e alguns tipos de anemias) e do sistema imunitário, e ainda doenças metabólicas, tendo já sido realizados mais de 40 mil transplantes com sangue do cordão umbilical em todo o mundo. Para além disso, a sua utilização encontra-se em estudo em ensaios clínicos (utilização experimental em humanos), em doenças como paralisia cerebral, autismo, perda auditiva, diabetes tipo 1 e lesões da espinal medula, entre outras, o que poderá aumentar o leque de aplicações clínicas do sangue do cordão umbilical.

O tecido do cordão umbilical é muito rico num outro tipo de células, as células estaminais mesenquimais, que poderão vir a ser úteis para o tratamento de um conjunto alargado de doenças. As células estaminais mesenquimais podem diferenciar-se em cartilagem, osso, músculo e gordura. Para além disso, estas células têm a capacidade de regular a resposta do sistema imunitário e assim aumentar a probabilidade de sucesso dos transplantes, quando utilizadas em conjunto com células estaminais hematopoiéticas. O potencial destas células encontra-se também em estudo em ensaios clínicos em doenças como diabetes, colite ulcerosa, cirrose hepática, cardiomiopatias, esclerose múltipla, lúpus e doença do enxerto contra hospedeiro, entre outras.

Dadas as aplicações atuais e o crescente número de ensaios clínicos com células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical, a decisão de guardar estas células, cuja colheita pode apenas ser feita no momento do parto, assume grande importância.

CRIOESTAMINAL: 15 ANOS E 15 UTILIZAÇÕES TERAPÊUTICAS COM AMOSTRAS DE CÉLULAS ESTAMINAIS GUARDADAS

Com a confiança conquistada de mais de 100 mil famílias, a Crioestaminal já libertou dez amostras para 15 utilizações terapêuticas realizadas em Portugal, Espanha e EUA, nomeadamente:

Um caso de imunodeficiência combinada severa (IPO do Porto);

Um caso de leucemia mieloide aguda (Hospital Niño Jesus, em Espanha);

Oito no âmbito da paralisia cerebral (sete nos EUA e uma em Espanha).

Com uma capacidade para armazenar 300 mil amostras, a Crioestaminal constitui assim um dos maiores bancos europeus de células estaminais e distingue-se pela constante aposta num serviço de excelência reconhecido internacionalmente com a acreditação pela prestigiada American Association of Blood Banks (AABB) que garante os mais elevados standards de qualidade deste setor.

APOSTA EM INVESTIGAÇÃO & DESENVOLVIMENTO DE MODO A ALARGAR As POSSIBILIDADES TERAPêUTICAS COM TERAPIAS CELULARES

A Crioestaminal aplica 10% do seu volume de negócios em I&D, sendo o único banco em Portugal que promove a investigação da aplicação terapêutica de células do sangue e do tecido do cordão umbilical. O estabelecimento de parcerias com entidades como o Centro de Neurociências e Biologia Celular, da Universidade de Coimbra, o Instituto Superior Técnico, o Biocant, os Hospitais Universitários de Coimbra, o Hospital Rovisco Pais, o IPO de Lisboa, o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, o Programa MIT Portugal e a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa / Centro de Estudos de Doenças Crónicas (CEDOC) tem sido fulcral para o avanço do conhecimento nesta área.

Com quatro patentes internacionais já registadas, a Crioestaminal tem desenvolvidos estudos nas áreas de oncologia, do enfarte do miocárdio, AVC e diabetes.

Na área da diabetes, está projetado um ensaio clínico que visa aplicar a metodologia patenteada em ulcerações do pé em doentes diabéticos. Esta patente partiu da utilização combinada de células do sangue do cordão umbilical e células progenitoras endoteliais para melhorar a cicatrização de feridas crónicas em diabéticos, através da redução da inflamação e da revascularização da área afetada.

Na área cardiovascular, a patente internacional relaciona-se com a regeneração de tecido cardíaco após acidentes isquémicos. O conhecimento gerado está a ser incorporado no planeamento de novos projetos e em aplicações concretas na área da medicina regenerativa, em doenças como o Acidente Vascular Cerebral.

CRIOESTAMINAL VENCE PRÉMIOS ESCOLHA DO CONSUMIDOR E CINCO ESTRELAS

Distinguida pelo quinto ano consecutivo como “Escolha do Consumidor”, na categoria “Criopreservação de Células Estaminais”, vê novamente a sua performance reconhecida, o que constitui um reflexo da qualidade do serviço e acompanhamento prestados pela Crioestaminal, que alcançou taxas de satisfação dos clientes muito elevadas desde que este prémio foi instituído.

“Estes reconhecimentos enchem-nos de orgulho e são para nós uma enorme responsabilidade. Retribuímos com o compromisso de continuarmos a responder às necessidades dos nossos clientes e de contribuir para a evolução da biomedicina e da saúde de forma global”, refere André Gomes, Fundador e Diretor Geral da Crioestaminal.

O prémio “Escolha do Consumidor” foi atribuído com base num estudo de opinião de 222.644 consumidores a uma amostra alargada com afinidade ao serviço e, também, clientes. No caso da criopreservação de células estaminais, foram analisados três players do setor, num inquérito a 1.429 consumidores, sendo que a Crioestaminal se sagrou vencedora em todos os parâmetros: profissionalismo, garantia de qualidade, rapidez, credibilidade, confiança e disponibilização de informação clara e detalhada.

A Crioestaminal venceu também, pela 2.ª vez consecutiva, o Prémio Cinco Estrelas, na categoria “Criopreservação de células estaminais”, um prémio que avalia e distingue produtos e serviços, com base no grau de satisfação global dos consumidores alvo.

A avaliação tem por base os cinco principais critérios que influenciam a decisão de compra ou adesão:

satisfação pela experimentação, relação preço-qualidade, intenção de compra ou recomendação, confiança na marca e inovação.

“O Prémio Cinco Estrelas tem, para nós, uma importância acrescida porque reflete a opinião dos consumidores e a sua satisfação face ao nosso serviço. Significa que, ano após ano, a Crioestaminal mantém o elevado compromisso de qualidade e dedicação às famílias e que, por isso, continuam a confiar nos serviços prestados”, lembra André Gomes, Diretor Geral da Crioestaminal.

O FUTURO JÁ ESTÁ A ACCONTECER

Tendo em conta o desenvolvimento da medicina preventiva e personalizada, baseada em terapias celulares e a expectativa de que esta será a medicina do futuro é de prever que a área das células estaminais virá a ser cada vez mais relevante.

A Crioestaminal com os seus 15 anos de experiência tem demonstrado como uma empresa portuguesa consegue destacar-se internacionalmente na área da biotecnologia e da saúde, distinguindo-se pela sua aposta na qualidade e inovação, sendo hoje uma referência na medicina do futuro.

15 ANOS: MARCOS IMPORTANTES

André Gomes – Fundador e Diretor Geral da Crioestaminal

2003: Fundação da Crioestaminal, o primeiro banco de criopreservação de células estaminais a operar em Portugal e um dos primeiros a nível europeu.

2006: Abertura do laboratório Crioestaminal no Biocant Park. Certificação ISO 9001.
Início da atividade em Itália.

2007: Primeira amostra resgatada em Portugal, num banco de células estaminais da Crioestaminal.

2008-2009: Lançamento da operação em Espanha.

Libertação de duas amostras para crianças com paralisia cerebral que integraram estudo piloto nos EUA.

2010: Acreditação pela American Association of Blood Banks, entidade acreditadora com standards específicos para bancos de células estaminais.

Primeiro banco português autorizado pelo Ministério da Saúde, de acordo com diretivas da União Europeia.
Libertação de mais três amostras.

2011-2012: Início da criopreservação de células estaminais mesenquimais (tecido do cordão umbilical).

Patente internacional em terapias com sangue do cordão umbilical (pé diabético).

Libertação de mais uma amostra.

2013-2014: Segunda patente internacional na área da regeneração de tecidos e novos projetos de I&D.

Aplicações clínicas em feridas de pé diabético.

Ampliação do Laboratório.

Libertação de mais uma amostra de sangue do cordão umbilical para tratar uma criança de 5 anos com paralisia cerebral. A infusão realizada pelo Dr. Luís Madero, no Hospital San Rafael, Madrid.

2015: Lançamento do Banco de Doação para Investigação e do programa de colheitas dirigidas.

Início de projeto de investigação na área da oncologia.

2016: Início da operação na Suíça.

Registo de dois novos pedidos de patente.

2017: Crioestaminal eleita pelo 4.º ano consecutivo Escolha do Consumidor.

Crioestaminal vence prémio “Cinco Estrelas”.

Crioestaminal eleita uma das 50 empresas mais atrativas para trabalhar pelos estudantes de Ciência e Engenharia, no âmbito do estudo Universum.

2018: Crioestaminal eleita pelo 5.º ano consecutivo Escolha do Consumidor.

Crioestaminal vence pelo 2º ano consecutivo o Prémio Cinco Estrelas.

OPINIÃO DE ANDRÉ GOMES, Fundador e Diretor Geral da Crioestaminal

“ESTES RECONHECIMENTOS ENCHEM-NOS DE ORGULHO”

A Crioestaminal, laboratório de criopreservação líder em Portugal e um dos maiores da Europa, foi distinguida com os prémios “Escolha do Consumidor” e “Prémio Cinco Estrelas”. Que fatores contribuíram para esta distinção?

As distinções “Escolha do Consumidor”, que conseguimos pela quarta vez consecutiva, e o “Prémio Cinco Estrelas” são reflexo de uma contínua taxa de satisfação dos nossos clientes, superior a 95%. Este reconhecimento de que somos diferentes dos outros bancos neste setor não será alheio ao facto de sermos os mais experientes, de termos mais acreditações, mais transplantes realizados e sermos o único com um departamento de investigação. Estas diferenças garantem aos nossos clientes um serviço único e com mais garantias para o futuro. Estes reconhecimentos enchem-nos de orgulho, no entanto, acarretam uma enorme responsabilidade. Apesar disso, a confiança que temos na nossa equipa, bem como na tecnologia de ponta do nosso laboratório, dão-nos as garantias de que conseguiremos estar à altura das expetativas dos nossos clientes e da sociedade em geral, renovando a ambição de continuar a contribuir, de forma decisiva, para a evolução da biomedicina.

Olhando para o percurso do laboratório, que papel a Crioestaminal assume hoje junto da sociedade?

A Crioestaminal disponibiliza desde 2003 o serviço de criopreservação de células estaminais do cordão umbilical. As células estaminais do cordão umbilical apenas podem ser colhidas no momento do parto e constituem uma opção de tratamento adicional em caso de necessidade. Hoje é possível guardar as células estaminais do sangue do cordão umbilical, que já podem ser utilizadas no tratamento de mais de 80 doenças e as células do tecido do cordão umbilical, atualmente a ser investigadas no âmbito da medicina regenerativa e já utilizadas com sucesso no tratamento da doença do enxerto contra o hospedeiro. Assim, a Crioestaminal possibilita o acesso às opções terapêuticas mais avançadas a todas as famílias que optem pelos nossos serviços. Através da nossa constante e consistente aposta na Investigação & Desenvolvimento promovemos, também, o alargamento de aplicações de vanguarda com células estaminais, contando atualmente com quatro patentes registadas. É nossa missão possibilitar aos nossos clientes, e à sociedade em geral, acesso às mais avançadas tecnologias nas áreas da medicina preventiva e personalizada.

A Crioestaminal foi o primeiro banco de criopreservação em Portugal, sendo o maior da Península Ibérica e o quarto a nível europeu. Quais são os momentos mais marcantes do laboratório?

Quase a completarmos 14 anos, há muitos momentos a destacar. É sempre marcante e muito gratificante vermos amostras de células estaminais, guardadas por nós, serem utilizadas no tratamento de crianças. Foi particularmente marcante a utilização da primeira amostra, que aconteceu em 2007 no IPO do Porto, dez anos depois a criança encontra-se curada. Destacaria ainda a abertura do nosso laboratório, no maior parque de Biotecnologia do Pais, o Biocant, que atualmente conta com capacidade de armazenamento para 300 mil amostras e uma área de 500 metros quadrados, o reconhecimento da qualidade do serviço que prestamos e do rigor dos nossos processos pela Associação Americana de Bancos de Sangue e o registo da nossa primeira patente internacional em terapias celulares com sangue do cordão umbilical.

Em 2015 foram contabilizados mais de 40 mil transplantes com sangue do cordão umbilical em todo o mundo. Há garantias de eficácia do tratamento com células estaminais?

Sim. De facto, já foram contabilizados mais de 40 mil transplantes com células estaminais do sangue do cordão umbilical, sendo que estamos ainda a aguardar os dados finais relativos a 2016. O número de transplantes realizados, bem como as 80 doenças que são hoje possíveis tratar como doenças oncológicas, metabólicas, imunodeficiências entre outras, com recurso a estas células comprovam a eficácia do tratamento. Estão também a decorrer, a nível mundial, centenas de ensaios clínicos, nos quais as células estaminais estão a ser avaliadas para dezenas de novos tratamentos. A Crioestaminal conta também com 13 utilizações em oito crianças, uma num caso de imunodeficiência combinada severa (IPO do Porto) e sete no âmbito da paralisia cerebral (seis nos EUA e um em Espanha). A imunodeficiência severa é uma doença potencialmente fatal, com a qual a criança nasceu. Nesta terapia foi utilizada a amostra de células estaminais do irmão da criança doente. Atualmente, a criança encontra-se curada. Nos casos de paralisia cerebral, foram realizados tratamentos nos EUA e em Espanha com as amostras das crianças com paralisia cerebral. Foram detetadas melhorias significativas na capacidade motora e cognitiva das crianças.

É o único banco, de criopreservação de células estaminais do cordão umbilical, ibérico acreditado pela AABB (Associação Americana de Bancos de Sangue), sendo um dos mais influentes do mundo. Porque devem as famílias guardar ou doar o cordão umbilical à Crioestaminal?

Aconselhamos as famílias a guardar as células estaminais do cordão de modo a terem uma opção adicional de tratamento no futuro, em caso de necessidade. Caso não considerem guardar, existe a opção de doar para desenvolvimento da investigação de novos tratamentos com células estaminais, no nosso Banco de Investigação, com o qual fomos pioneiros. A Crioestaminal é o banco familiar com mais amostras armazenadas e que mais contribuiu para tratamentos em crianças em Portugal. Na Europa, é o único banco com uma acreditação da AABB para o sangue e o tecido do cordão umbilical, que garante os mais elevados standards de qualidade deste setor. Somos o banco com mais experiência, mais qualidade e mais inovação, pelo que constituímos uma opção segura para todas as famílias.

SOBRE A CRIOESTAMINAL

A Crioestaminal tem mais de 70 mil amostras criopreservadas, é o mais antigo e maior da Península Ibérica e o quarto maior da Europa.

Foi o primeiro banco de criopreservação familiar em Portugal a libertar uma amostra e o que mais libertou: 8 amostras para 13 utilizações.

Foi o primeiro banco de criopreservação autorizado pelo Ministério da Saúde e é o único acreditado pela American Association of Blood Banks (AABB) .

É o único banco familiar em Portugal que investe em I&D (10% do volume de negócios), tendo registadas quatro patentes internacionais.

Tem operação em Portugal, Espanha, Itália e Suíça.

Os estudos desenvolvidos pela Crioestaminal sobre aplicação terapêutica das células estaminais abrangem as áreas de oncologia, enfarte do miocárdio e, em especial, da diabetes.

EMPRESAS