Inicio Tags Faro Avenida Business Center

Tag: Faro Avenida Business Center

Dedique-se ao seu negócio. O Faro Avenida Business Center ocupa-se do resto

O Faro Avenida Business Center é um projeto diferenciador que assenta num modelo híbrido, dispondo de escritórios físicos, coworking e escritórios virtuais, dispondo ainda de várias salas de reunião e formação. É um conceito que se destina a qualquer empresa de qualquer setor de atividade, independentemente do seu core business.

Os espaços deste centro de negócios podem ser reservados, inclusive, por clientes sem vínculo ao Faro Avenida Business Center, para a realização de reuniões ou formações, por curtos períodos de tempo. A par da comodidade e redução de custos, este é um dos fatores diferenciadores do centro, a flexibilidade e a oferta de diferentes pacotes de serviços para que o cliente possa escolher o melhor serviço de acordo com as suas necessidades.

Aqui o cliente só se preocupa com o seu negócio. É um serviço chave na mão. “Tratamos de todos os serviços inerentes à reserva do espaço. Quando o cliente nos contacta a solicitar um escritório físico, providenciamos todo o mobiliário necessário. Garantimos os encargos de receção, alarme, internet, limpeza diária, água e luz. Os serviços estão todos incluídos para que o cliente possa dedicar-se inteiramente ao seu negócio”, afirma Maria Inês Barra.

Este conceito foi pensado em 2013 e nasceu da necessidade que Maria Inês Barra sentiu neste tipo de negócio, ou seja, a existência de um business center que reunisse várias valências como escritórios físicos, coworking e escritórios virtuais, salas de reunião, salas de formação e espaços para eventos. “Tentamos agregar o máximo de serviços possível para irem ao encontro das necessidades dos clientes, desde empresariais a freelancers.

A recetividade, essa, tem vindo a ser bastante positiva. “Este projeto foi pensado e iniciado em plena crise, mas foi uma boa aposta. Felizmente, temos evoluído de ano para ano e tivemos de expandir rapidamente, procedendo a obras para aumentar o espaço para conseguirmos corresponder ao aumento da procura. Começamos no rés-do-chão e hoje ocupamos já o primeiro piso”, explica a nossa entrevistada.

Agora o objetivo passa por consolidar, em termos de espaços físicos, o que já foi construído, bem como o investimento que já foi feito. A médio prazo, Maria Inês Barra idealiza expandir o espaço para outras zonas do Algarve ou até mesmo abrir uma sucursal. “Quero continuar a fazer mais e melhor e ajudar a região a afirmar-se”, acrescenta a nossa interlocutora.

O Faro Avenida Business Center tem vindo a afirmar-se e é cada vez mais uma marca reconhecida.

QUEM É MARIA INÊS BARRA

Maria Inês Barra vem de áreas distintas e ganhou experiência a fazer um pouco de tudo. O empreendedorismo já lhe está no sangue e o jeito para o negócio já vem de família. Numa determinada altura da sua vida decidiu que queria iniciar um projeto diferente e depois de fazer a sua pesquisa sabia exatamente o projeto que queria criar: o Faro Avenida Business Center.

Começou com um espaço com 500 m2 e hoje este centro de negócios tem já um espaço constituído por cerca de 1000 m2.

“Gosto de novos desafios e esta é a minha maneira de estar. Procuro criar projetos impactantes, fazê-los crescer e dar-lhes rentabilidade”, afirma Maria Inês Barra.

Proactiva, com atitude e garra, desde cedo que Maria Inês Barra revelou ser uma mulher empreendedora. “Com 22 anos criei a minha primeira empresa, uma perfumaria, tendo ao fim de três anos já cinco e um cabeleireiro. Era muito nova, o que me obrigou a esforçar mais para conseguir impor a minha opinião e fazer-me ouvir. Essa foi a minha maior dificuldade no meu percurso profissional”, relembra a nossa entrevistada.

Já liderou diversas equipas e a gestão de pessoas é, para Maria Inês Barra, o maior desafio que se enfrenta. Por isso mesmo um bom líder tem de saber dar o exemplo. Sempre. “Devemos ter a noção e consciência do trabalho que é feito em cada departamento e fazer um pouco de tudo para dar o exemplo. Todos têm de vestir a camisola, incluindo os líderes”, conclui Maria Inês Barra.

EMPRESAS