Inicio Tags ITSector

Tag: ITSector

Nova app para simular e contratar crédito em tempo real

A apresentação decorreu no palco principal da mais prestigiada feira mundial de tecnologia orientada para o setor financeiro, a Finovate Fall New York, onde a tecnológica com sede no Porto foi uma das 70 empresas de todo o mundo a enfrentar o desafio de, em apenas 7 minutos, convencer a nata da indústria financeira norte-americana dos méritos da sua solução.

Foi a primeira vez que participamos na edição americana da Finovate, o que representa uma oportunidade única para, perante uma plateia repleta de investidores e representantes das mais reputadas instituições financeiras, demonstrar que temos uma solução tecnológica de vanguarda a nível mundial“, considerou Renato Oliveira, presidente do Grupo ITSector.

O mesmo responsável mostrou-se confiante no sucesso da apresentação levada a cabo pela ITSector, reforçando que “além da solução que apresentamos contemplar todas as fases do ciclo de vida do crédito, o pedido pode ser realizado mesmo por quem não for cliente do banco que oferece a solução de crédito, através do recurso a instant messaging, uma ferramenta de comunicação simples e que as pessoas já se habituaram a utilizar no dia a dia”.

A deslocação aos Estados Unidos da tecnológica portuguesa especialista no desenvolvimento de software orientado para o setor financeiro visa também a exploração do potencial daquele mercado.

Até 2020, queremos que o mercado norte-americano represente 10% no volume de exportações da ITSector. É uma aposta ambiciosa, na linha da estratégia que temos vindo a adotar noutros mercados, mas agora num mercado mais high-tech“, refere Renato Oliveira.

Recorde-se que além de Portugal, onde está presente no Porto (sede), Lisboa, Braga, Aveiro e, desde o início deste mês, também em Bragança, a ITSector dispõe também de escritórios na Polónia, Reino Unido, Alemanha, Angola, Moçambique e no Quénia.

No último ano, a empresa implementou mais de 200 projetos em geografias tão diversas como Inglaterra, França, Luxemburgo, Espanha, Itália, Rússia, Islândia, Alemanha, Dinamarca, Timor-Leste, Quénia e África do Sul.

Entre os principais clientes nacionais e internacionais contam-se os nomes de instituições bancárias como o Millenium BCP, Caixa Geral de Depósitos, Santander, Standard Bank, Montepio, BPC e Sberbank.

Em 2016, 35% do volume de faturação da ITSector foi realizado nos mercados externos, sendo que, até 2020, a empresa pretende duplicar a percentagem das exportações.

ITSECTOR INAUGURA EM BRAGANÇA O 5º CENTRO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS EM PORTUGAL

A ITSector, tecnológica especialista no desenvolvimento de software para o setor financeiro, acaba de expandir a sua atividade para Bragança, onde inaugurou esta tarde, no Brigantia EcoPark, o seu 5º Centro de Tecnologias Avançadas em Portugal.

A partir de Bragança, e à semelhança do que já acontece nas unidades de que a ITSector dispõe no Porto (sede), Lisboa, Braga e Aveiro, a empresa vai centrar a sua atividade no desenvolvimento de projetos em regime de Nearshore, operando à distância projetos no setor financeiro que detém com clientes oriundos de mercados internacionais.

Em Bragança, vamos desenvolver projetos para clientes de países europeus e africanos, contemplando todas as fases de desenvolvimento de software e respetivos profissionais, desde os gestores de projeto, aos analistas funcionais, developers e testers. Também continuaremos a investir na área da investigação e desenvolvimento, que é um pilar importante no qual queremos continuar a apostar, contando também com a importante relação e apoio do Instituto Politécnico de Bragança“, esclareceu Renato Oliveira, presidente do Grupo ITSector.

Na presença do presidente da direção do edifício Brigantia Ecopark, Hernâni Dias, o mesmo responsável abordou as razões que motivaram a escolha de Bragança para expandir a atividade da ITSector.

“Não é novidade a escassez, em termos globais, de recursos na área das tecnologias de informação. Portugal não é exceção, sendo clara a concentração destes profissionais nos grandes centros urbanos no litoral do país, o que obriga as pessoas que vivem no interior a deslocarem-se das suas áreas de residência para poderem apostar numa carreira. Com a abertura do Centro de Tecnologias Avançadas de Bragança, as pessoas desta e de outras localidades circundantes terão a oportunidade de desenvolver uma carreira junto das suas famílias”, explicou Renato Oliveira.

Nesta fase inicial, a unidade da ITSector em Bragança representa um investimento na ordem dos 500 mil Euros, contando com 20 colaboradores de vários níveis de senioridade, sendo que, até final deste ano, a empresa prevê a triplicação deste número, atingindo os 60 colaboradores, beneficiando de um programa de formação intensiva – ITSector Academy -, entretanto realizado com recém-licenciados do Instituto Politécnico de Bragança.

A médio prazo, a ITSector não descarta a possibilidade de vir a inaugurar mais Centros de Tecnologias Avançadas em território nacional. Contudo, antes deste passo, a empresa deverá optar pelo alargamento dos Centros localizados em Lisboa e em Aveiro.

WEB SUMMIT: ITSECTOR DEMONSTRA POTENCIAL DE APLICAÇÕES PARA 6 ÁREAS DE NEGÓCIO

A ITSector, tecnológica especialista no desenvolvimento de software, vai demonstrar na Web Summit as potencialidades de um conjunto de aplicações orientadas para 6 áreas de negócio distintas: banca, seguros, saúde e bem-estar, comércio e retalho, energia e desporto.  

Com a presença na maior conferência de empreendedorismo, inovação e tecnologia da Europa, a empresa, fundada em 2005 na cidade do Porto e que conta hoje com a colaboração de 340 especialistas em IT, pretende dar a conhecer as suas soluções a potenciais novos parceiros tecnológicos, com o objetivo de potenciar negócios em novos mercados e fortalecer a sua posição nos mercados que já explora, com enfoque nos países dos continentes europeu e africano.

“A nossa visão traduz-se em inovação, simplicidade e disponibilidade para que, em qualquer altura e a partir de qualquer dispositivo, os utilizadores das aplicações que desenvolvemos possam usufruir de soluções que simplificam múltiplas operações que realizam no dia-a-dia”, refere Joana Alves, diretora de Marketing e Comunicação da ITSector.  

Entre os produtos mais inovadores orientados para o setor bancário destaca-se o Flowcredit, uma solução que permite disponibilizar aos clientes dos bancos uma plataforma que contempla todas as fases relacionadas com a concessão de crédito, desde o cálculo à aprovação, até à fase do pagamento, e que se adapta a todo o tipo de negócios que possam envolver o recurso ao crédito – aquisição de automóveis, hipotecas, crédito ao consumo, leasings, entre outros.

“O Flowcredit consiste numa aplicação mobile orientada para a concessão de crédito que inclui um sistema de notificações que encorajam os clientes dos bancos a realizar simulações de crédito em tempo real enquanto estão nas lojas, recorrendo a soluções de realidade aumentada ou a leitores de código QR para acederem a informações sobre um produto específico”, explica a mesma responsável.

Na área dos seguros, a ITSector desenvolveu uma solução que permite gerir, a partir do computador, tablet ou telemóvel, toda a relação entre os clientes e as seguradoras – desde a consulta de documentação e visão integrada dos produtos subscritos, passando pela simulação e subscrição de novos produtos e outras funcionalidades inovadoras, como a possibilidade de comunicar incidentes recorrendo ao upload de fotografias.

No campo da saúde e bem-estar, a “proposta” da ITSector assenta numa plataforma omnicanal capaz de aproximar pacientes e unidades de saúde públicas e privadas, através de um software que, além de ajudar a evitar atrasos e perdas de informação, confere aos pacientes a possibilidade de efetuar pagamentos e agendar consultas.

Para a área de comércio e retalho, a ITSector vai demonstrar na Web Summit as vantagens decorrentes da utilização do ITS MB WAY – uma plataforma que permite aos lojistas, sem custos acrescidos, disponibilizar aos seus clientes pagamentos através do sistema MB WAY, através de um sistema que funciona de forma semelhante aos terminais para pagamento com cartões de débito ou crédito que habitualmente encontramos nas lojas, mas que pode ser utilizado a partir do computador, tablet ou telemóvel.

Destinada às empresas comercializadoras de energia e de gás, a aplicação CSS (Costumer Self Services) será outro dos destaques da ITSector na Web Summit. Esta solução permite aos clientes destas empresas consultar e assumir a gestão dos contratos celebrados com os seus fornecedores, conferindo-lhes a possibilidade de aceder aos registos referentes aos consumos de energia e gás, alterar tarifários, atualizar informações de contacto e obter resposta às dúvidas e questões colocadas.

Na área do desporto, a aposta da ITSector vai recair na demonstração de duas apps – PTrainer e InTheMarket. A primeira pretende revolucionar a relação entre os personal trainers e os seus clientes, ao permitir, em qualquer altura e em qualquer lugar, gerir a agenda das sessões de treino e registar e validar um conjunto de informações que assinalam o progresso dos atletas.

Já a app InTheMarket, compatível com sistemas IOS e Android, consiste numa rede profissional de contactos vocacionada para ajudar desportistas amadores e profissionais das modalidades de futebol, futsal, andebol, voleibol e basquetebol a encontrar um novo clube quando em situação de desemprego. Lançada em julho deste ano, angariou mais de 3500 utilizadores nas primeiras semanas de atividade, tendo despertado o interesse de diversos futebolistas oriundos do Brasil e de vários países africanos e do Médio Oriente.

Presente em Portugal (Porto, Lisboa, Braga e, em breve, Aveiro), Polónia, Reino Unido, Angola e Moçambique, a ITSector implementou, em 2015, mais de 200 projetos em geografias tão diversas como Inglaterra, França, Luxemburgo, Espanha, Itália, Rússia, Islândia, Alemanha, Dinamarca, Timor-Leste, Quénia e África do Sul.

Com os mercados internacionais a representarem 36% da faturação alcançada em 2015, ano em que o volume de negócios global atingiu os €14M, a empresa estima atingir os €15M em 2016.

Social Media

0FãsGosto
108SeguidoresSeguir

EMPRESAS

Tecnologia