Quinta-feira, 29 Junho, 2017
Tags Post com a tag "Lisboa"

Tag: Lisboa

“O humor também se ensina”

Bang Produções, uma produtora especializada em humor e comédia, abre Curso de Verão de Stand up Comedy. O desafio é, em apenas uma semana, os aspirantes a comediantes escreverem um texto e interpretarem-no ao vivo perante um público de desconhecidos.

O curso decorrerá nos dias 26, 27, 29 de junho, com gala de apresentação ao público agendada para dia 2 de Julho pelas 22 horas no Auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude, em Lisboa.

Bang Produções é a única formadora de Stand up Comedy em Portugal com mais de 600 alunos em oito anos. Além da formação garante, também, palcos de ensaio que permitem aos ex-alunos evoluir nesta arte de palco. Mantém três comedy clubs semanais onde ex-alunos e curiosos sobem a palco e testam texto ou experimentam pela primeira vez stand up comedy. O criador e formador do Curso é Paulo Oliveira, para quem  “Humor é Poder” e “conseguir um sorriso de alguém é criar uma oportunidade, por isso ajuda empreendedores a lidar com o desconforto ou constrangimento num pitch ou numa cold call”.

A Bang Produções cria e produz conteúdos para os Media e New Media, espectáculos personalizados, teambuilding e formação de humor para empresas.

O curso terá lugar no CinemaCity em Campo Pequeno, Lisboa.

P63641_fornec3W

“Astronomia no Forte” permite a observação dos astros à noite

Integrado no programa EXPLOR(A)LQUEIDÃO, o programa “Astronomia no Forte” promovido pelo Centro de Interpretação das Linhas de Torres (CILT) em Sobral de Monte Agraço, organiza a sua 2ª edição astronómica noturna.

Os visitantes poderão explorar o Circuito do Alqueidão sob uma nova perspetiva, observando o céu. Destinado ao público em geral e famílias, “Astronomia no Forte” permite a observação de estrelas, cuja dinamização fica a cargo da empresa Via Láctea.

O programa EXPLOR(A)LQUEIDÃO’17 é a 2.ª edição de um ciclo de atividades que decorrem, entre maio e outubro, no Circuito de Visita do Forte do Alqueidão. Durante seis meses, o Alqueidão e os outros Fortes do seu Circuito de Visita organizam diversas ações que têm como objetivo dar a conhecer e usufruir deste espaço patrimonial sob diferentes perspetivas.

Inscrições abertas para o “Astronomia no Forte” até 28 de junho através do 261 942 296 ou turismo@cm-sobral.pt.

Sobre Sobral de Monte Agraço

O concelho de Sobral de Monte Agraço pertence ao distrito de Lisboa, integrando a sub-região Oeste (NUTS III) e a região Centro (NUTS II). É limitado a sul e a poente pelos concelhos de Mafra e Arruda dos Vinhos, a norte pelo concelho de Torres Vedras e a nascente pelo concelho de Alenquer.

O programa Explr(A)lqueidão, tem, este ano, a sua segunda edição e desenvolve atividade que dão a conhecer e a usufruir do património sob diferentes perspetivas. Os participantes são desafiados a experimentar, a aventurar-se e a explorar o Grande Reduto do Sobral de uma maneira inovadora e inesperada. O ponto de encontro para todas as atividades é, sempre, o Núcleo de Apoio ao Visitante do Circuito do Alqueidão e a inscrição prévia é obrigatória.

Há 60 anos que Lisboa enche as ruas de noivas

As celebração dos Casamentos de Santo António, o desfile das marchas populares e os arraiais de rua voltam esta segunda-feira a cumprir a tradição das Festas de Lisboa, animando a cidade em véspera do feriado municipal.

Os festejos já tiveram início com a cerimónia civil, às 11:30, nos Paços do Concelho, seguindo-se, às 14:00, os casamentos religiosos na Sé de Lisboa. À semelhança de anos anteriores, a cerimónia vai contar com a presença de ‘casais de ouro’, abençoados por Santo António em 1967 e que celebram agora 50 anos de matrimónio.

Pelas 17:00, os recém-casados vão desfilar em automóveis antigos, a partir dos Paços do Concelho, passando pela Avenida da Liberdade, até ao Parque Eduardo VII, onde, na Estufa Fria, um dos mais importantes espaços verdes da cidade, vai decorrer o copo de água.

À noite, a partir das 21:00, os casais de Santo António juntam-se ao tradicional desfile das Marchas Populares na Avenida da Liberdade, que este ano tem como temática o oceano Atlântico como “mar de encontros”, no âmbito de “Passado e Presente – Lisboa, capital ibero-americana de Cultura”.

Cocktail de apresentação da Miss World Models 2017

A apresentação é à Comunicação Social e ‘endorsers’ do mundo da moda, dia 16 de Maio, às 18h, no Club Bolero Lisboa.

The National em Lisboa já em outubro

Matt Berninger e a sua banda voltam a Portugal pela 14.ª vez para apresentar o seu sétimo álbum. ‘Sleep Well Beast’ está à venda a partir de 8 de setembro (mas já pode ser pré-encomendado aqui) e soará na mítica sala do Coliseu de Lisboa a 28 de outubro.

Ontem, dia 10, foi lançada a primeira música, ‘The System Only Dreams in Total Darkness’.

The National, uma banda já com 18 anos de vida, são sempre muito bem recebidos em Portugal, onde contam com um séquito fiel. O grupo originário do estado de Ohio lançou o seu primeiro álbum de originais homónimo em 2001 e quarto e quinto álbuns – ‘Boxer’ (2007) e ‘High Violet’ (2010) já tinham conquistado o público e a crítica.

Esta sétima produção sucede-se a ‘Trouble Will Find Me’ (2013), um álbum que veio para sedimentar o grupo como um dos mais importantes no panorama musical alternativo.

Moradores de Carnide arrancam parquímetros da zona histórica

Os moradores da freguesia de Carnide removeram sete parquímetros da EMEL, na noite de quarta-feira, em protesto contra a sua colocação. Os moradores e a junta protestam contra a falta de uma consulta prévia. As máquinas ficaram guardadas durante a noite na esquadra da PSP e serão entregues às 18 horas na Câmara Municipal de Lisboa.

A Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) garante que a população e a Junta de Freguesia de Carnide estavam informadas da colocação dos parquímetros retirados pelos munícipes durante a noite em protesto.

Os moradores indicaram dizem ter “uma enorme vontade de remover uma injustiça”. O presidente da Junta de Carnide garantiu que os aparelhos não foram vandalizados, e que os moradores “são pessoas de bem” que querem “é retirá-los e devolvê-los a quem os impôs”.

Confrontado sobre se esta ação poderia representar um crime de destruição de propriedade pública, o presidente disse entender que não, uma vez que a intenção dos moradores “é retirá-los e devolvê-los a quem os impôs” sem questionar a Junta ou os moradores.

Em declarações à agência Lusa, Helena Carvalho, diretora de Institucionais e Cidadania da EMEL, disse estranhar a posição do presidente da Junta de Freguesia, afirmando que o autarca não se manifestou contra quando se falou do assunto na reunião descentralizada ocorrida em janeiro.

À Lusa, Helena Carvalho contou que a EMEL já desde janeiro tinha autorização do presidente da Câmara de Lisboa para entrar nesta zona de Carnide, “muito pressionada sob o ponto de vista do estacionamento”.

Lisboa: alterações na linha azul do metro são “discriminação contra a mobilidade”

O Metro de Lisboa anunciou a que a linha azul irá ter percursos alternados para a Pontinha e para a Reboleira, a partir desta segunda-feira, sendo esta uma decisão anunciada como temporária.

O PSD Amadora já reagiu à questão em causa e garante que este cenário “é inaceitável e configura (outra vez) mais uma discriminação contra a mobilidade dos amadorenses”.

“De uma assentada, o tempo de espera de quem necessita de utilizar os comboios nas estações do município da Amadora passa para o dobro”, começa por explicar o partido, acrescentando que esta não é a primeira vez em que o município é prejudicado e relembrando o processo de entrega da Carris à Câmara de Lisboa que “teve como consequência a discriminação de todos os utentes dessa empresa que não residissem em Lisboa”.

Os responsáveis sociais-democratas acreditam estar perante uma “real e efetiva degradação das condições de mobilidade dos amadorenses que utilizam os serviços do Metropolitano de Lisboa” e garantem que a justificação avançada pelo Metropolitano de Lisboa é “caricata”.

“Não podemos deixar de afirmar que existe uma estratégia deliberada de enfraquecer a mobilidade dos amadorenses”, acusa o PSD Amadora.

O maior e mais importante evento nacional na área de condomínios

O evento terá lugar no pavilhão de eventos do Centro de Congressos de Lisboa  (antiga FIL), aberto ao público em geral. O evento apresenta como característica mais relevante a diversidade de empresas fornecedoras de produtos e serviços para condomínios, com soluções já adequadas à legislação e às necessidades nacionais, o que permite uma aplicabilidade imediata.

Organizada pela SIGMA Incentive, em parceria com a APEGAC, esta feira profissional para o sector, conta, ainda, com o patrocínio da ORONA, Loja do Condomínio, LUZBOA e Associação de Proprietários Lisbonenses. A CONDEXPO apresenta-se como uma feira de negócios que vem promover o crescimento do setor em Portugal bem como estimular o intercâmbio comercial no sentido económico entre as pessoas de cada região do país.

Durante os três dias do evento são esperados cerca de 9.000 visitantes profissionais, que terão oportunidade de contatar diretamente com os expositores das diversas empresas ligadas ao sector e assistir a eventos que decorrem em paralelo, podendo ampliar os seus conhecimentos sobre as temáticas relacionadas. No auditório do pavilhão vão assim realizar-se workshops, painéis empresariais, palestras internacionais, seminários e ted-talks.

Estas sessões pretendem funcionar como uma plataforma de criação de novas redes de networking, um facto importante para a integração do profissional no mercado dos condomínios. Assim, será possível assistir a sessões de formação, com interação e partilha de conhecimentos com base na experiência dos bons profissionais das diversas áreas. Serão debatidos assuntos relacionados com o conhecimento do sistema, o funcionamento das instituições relacionadas, os métodos de treino e aprendizagem, a gestão e o funcionamento dos processos, entre outros.

A CONDEXPO tem, ainda, como objetivo proporcionar o aperfeiçoamento dos participantes e divulgar novidades para o setor, contribuindo assim para reforçar os negócios e novos serviços, e apresentar oportunidades a gestores e administradores de condomínio.

Para mais informações sobre a CONDEXPO pode aceder ao site: www.condexpo.pt , onde também ficará a saber como pode visitar a feira, bastando enviar um email para condexpo@sigmaincentive.com

FAÇA CRESCER O SEU NEGÓCIO

Brad Sugars, o fundador da ActionCOACH, trabalhava na área da contabilidade quando percebeu a realidade do universo empresarial e que muitas empresas à sua volta fechavam demasiado cedo. As estatísticas referiam mesmo que 85% das empresas não alcançavam os cinco anos de vida. Assim, em 1993, criou a marca, na altura com o nome Action, com a ideia de ajudar empresários de pequenas e médias empresas a melhorar os seus resultados, otimizando os seus negócios e melhorando a sua qualidade de vida.

Assim, Brad Sugars, inicia nessa altura um programa de formação para empresários que ocorre em vários pontos da Austrália. Os seus seminários chegam a ter mais de 2 mil empresários num só evento. Em pouco tempo, a ActionCOACH ganha enorme notoriedade e a sua fama chega à Nova Zelândia, à Ásia e aos EUA. Muitos destes empresários pediram um acompanhamento adicional e, ao fim de pouco tempo, foi fácil provar que os que receberam estes serviços de Coaching especializado obtiveram melhores resultados do que aqueles que apenas tinham assistido aos seminários.

Com a convicção de que qualquer área de negócio pode crescer, a ActionCOACH apresenta soluções que se adaptam ao negócio do seu cliente, com o objetivo de promover um crescimento sustentável da empresa ao longo tempo.

KEN GIELEN ACTION LX (Medium)O coaching é uma ferramenta de acompanhamento e de orientação e o  diferencia-se pela sua metodologia aplicada tendo sempre em conta as condições de negócio de uma empresa. Focando-se nos objetivos da empresa, o Business Coaching foca-se no caminho e nas metas que têm de ser definidas para alcançar o objetivo que a empresa define. “Com a ActionCOACH procuramos entender o que é preciso mudar nos comportamentos e rotinas, quer do empresário, quer da equipa. Esta é a grande diferença do Business Coach, trabalhamos a empresa como um todo para alcançar o sucesso”, começa por explicar Ken Gielen.

A verdade é que as empresas começam a consciencializar-se da importância de um acompanhamento em diferentes etapas para melhorar a rentabilidade do seu negócio “Diz-nos a nossa experiência que os três principais desafios que levam as empresas a procurar um business coach são a rentabilidade do tempo, o aumento da faturação e dos lucros, e a gestão da equipa para melhorar o seu desempenho”, refere o CEO da ActionCOACH Portugal.

De norte a sul do país e por todo o mundo esta é uma metodologia aplicável a todos os negócios. “Cada empresa é uma empresa pelo que um bom resultado resulta de 80% da metodologia e 20% da combinação do estilo do coach com as necessidades da empresa. Os nossos coaches estão inseridos na comunidade e conseguem detetar a tipologia e o contexto cultural onde cada negócio está inserido para melhor adaptar a metodologia do Business Coaching”, menciona o nosso interlocutor.

E que perfil deve ter um Business Coach? Ken Gielen compara um Business Coach a um diretor geral de uma empresa. Isto é, alguém que tenha tido uma experiência numa multinacional e que tenha dirigido uma equipa multidisciplinar proporcionando-lhe todas as valências e competências para gestão de pessoas, comunicação e com uma visão “fora da caixa”. Precisa também de ter uma forte experiência na área comercial. Marketing e vendas são o pilar de uma empresa e o que mantém a sua estrutura. Têm de ser pessoas dinâmicas e disciplinadas, com capacidade de execução de planos de ação. “O nosso propósito é acompanhar desde negócios de startups até às pequenas e médias empresas. Temos soluções adequadas a todos os negócios”, refere Ken Gielen.

Os programas de Business Coaching passam pelo Coaching individual, projetado para os empresários, Coaching em Grupo, através de Academias realizadas com conteúdos pensados, planeados e formatados para melhorar o negócio da empresa ao longo do tempo, e Eventos de forma a chegar a todos os empresários e a todas as áreas de negócio.

Nova aplicação para smartphone para comprar bilhete de metro, barco ou autocarro em Lisboa

Com esta aplicação será possível comprar o passe mensal ou pagar os bilhetes de bordo, em Lisboa, sem ter de se dirigir às máquinas. Trata-se da aplicação Via Verde Transportes. Basta descarregar a aplicação, efetuar o registo e criar ou utilizar uma conta Via Verde. Para validar o bilhete, bastará aproximar o smartphone do validador.

A aplicação Via Verde Transportes fica instalada no telemóvel do utilizador, sendo debitado o preço do bilhete da viagem por si realizada na Carris, Metro ou Transtejo, via ‘bluetooth’, graças ao desenvolvimento da tecnologia Zabeacon, com baixos consumos de energia.

O sistema de pagamento varia conforme a utilização. Se comprar o passe mensal, por exemplo, este fica automaticamente disponível na aplicação; se viajar com bilhete normal, é aplicada “automaticamente a tarifa mais vantajosa”, de acordo com o percurso efetuado pelo utente. As viagens serão cobradas após a utilização através da conta Via Verde.

No futuro, esta aplicação deverá permitir ainda o planeamento de viagens, tendo em conta as opções de meios de transporte público disponíveis e os horários de serviço.

Social Media

2,315FãsGosto
102SeguidoresSeguir