Tags Post com a tag "Lisboa"

Tag: Lisboa

Avioneta aterra de emergência numa praia da Caparica e atinge banhistas. Duas pessoas morreram

“Temos a confirmação que duas pessoas que foram colhidas pela avioneta e morreram no local. As vítimas são um homem e uma criança, de oito anos, do sexo feminino”, disse à Lusa o comandante Pedro Coelho Dias, porta-voz da Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Segundo a mesma fonte, os dois tripulantes da avioneta, saíram ilesos da ocorrência e já estão a ser ouvidos pelas autoridades, não existindo registo de mais feridos.

A aterragem de emergência de uma avioneta na praia de São João, na Costa de Caparica, Almada, fez dois mortos esta quarta-feira. As vítimas mortais são banhistas que se encontravam no areal e que foram atingidas pela aeronave: um homem de 30 anos e uma menina de cinco, confirmou ao DN fonte do INEM, que diz não ter indicação de outros feridos.

Actioncoach aumenta a sua rede de Business Coaches

São muitos e variados os desafios que surgem no crescimento de um negócio para que se chegue a um resultado com sucesso. A ActionCOACH e os seus Business Coaches fazem do seu dia-a-dia o apoio constante e contínuo às PME’s, aumentando o seu período de vida com resultados positivos, através de uma metodologia própria.

As entradas de dois novos Business Coaches vêm dar seguimento ao trabalho até agora desenvolvido pela marca ActionCOACH em Portugal no sentido de estar presente em todo o país: Carlos Gil, como franchisado da zona centro, e Teresa Teles, que reforça o escritório da ActionCOACH Lisboa.

Carlos Gil e Teresa Teles vêm assim juntar-se a uma equipa de profissionais qualificados e certificados pela ActionCOACH Internacional cuja missão é dar resposta aos desafios mais recorrentes dos empresários através de fórmulas estratégicas adotadas pela marca e implementadas nas empresas, sempre com o apoio dos Business Coaches.

Segundo Carlos Gil, a principal razão para ter escolhido a ActionCOACH, foi “a cultura da empresa e do impacto desta na vida dos clientes e dos próprios coaches.” Já Teresa Teles aponta “a cultura, valores e forma de estar e atuar desde o primeiro contacto” como motor para a sua motivação.

Ambos os Business Coaches regressaram da formação em Las Vegas no início de julho, inspirados e altamente orientados para a ação. “Foi um treino fabuloso! Saímos daqui com as ferramentas necessárias para abordar o mercado, para trabalhar com os nossos clientes e para estarmos sempre a melhorar. Também sabemos que podemos contar sempre com o apoio do Master Licensee, dos nossos treinadores e dos outros Business Coaches” referiu Carlos Gil. Já para a Business Coach de Lisboa, Teresa Teles, refere “adorei a formação! Embora muito, muito intensiva, conta com imensos materiais que podemos trabalhar e está muito bem estruturada para que tudo faça sentido e permita uma integração imediata e com resultados rápidos no meio empresarial.”

Relativamente ao futuro, Teresa Teles simplifica: “Com a ActionCOACH pretendo ter liberdade. Liberdade para trabalhar e fazer a diferença na vida dos nossos clientes e liberdade para poder celebrar com pessoas que partilham dos mesmos valores e ideais”.

Junte-se também à equipa líder mundial em Business Coaching e torne-se um ActionCOACH. Terá oportunidade de fazer crescer a economia local, trabalhando com os empresários da sua região, ao mesmo tempo que se torna um profissional de excelência e uma pessoa mais realizada.

Trabalhadores da PT em greve. É a primeira greve em 10 anos

Os sindicatos afetos à PT e a Comissão de Trabalhadores convocaram a greve em protesto contra a transferência de 155 trabalhadores da operadora de telecomunicações para empresas do grupo Altice e Visabeira.

A concentração de trabalhadores prolonga-se durante esta sexta-feira junto à sede da PT, em Lisboa, e termina a residência oficial do primeiro-ministro.

Cento e cinquenta e cinco trabalhadores foram transferidos mas existem cerca de 200 que neste momento não têm funções atribuídas na empresa.

O líder da CGTP condena a transferência de mais de 150 trabalhadores da PT Portugal para empresas do grupo Altice e Visabeira, considerando tratar-se de uma “situação inadmissível” e que é um “despedimento encapotado”. Arménio Carlos refere que “em cerca de dois anos de presença em Portugal a Altice já pagou coimas superiores a 110 mil euros à Autoridade para as Condições do Trabalho” e que em França já pagou vários milhões. Apela ao Governo para que intervenha.

Esta é a primeira greve dos trabalhadores da operadora de telecomunicações em mais de dez anos.

Pelas 13h30, os trabalhadores da PT Portugal provenientes de todo o país vão concentrar-se em Picoas, junto à sede da empresa. Seguem depois em marcha até à residência oficial do primeiro-ministro.

O protesto ocorre poucos dias depois de o grupo Altice ter anunciado que chegou a acordo com a espanhola Prisa para a compra da Media Capital, dona da TVI, numa operação avaliada em 440 milhões de euros.

A greve levou a PT Portugal a ativar os “devidos planos de contingência”, segundo informação prestada à agência Lusa por fonte oficial da operadora. A Lusa questionou que planos são esses, não tendo obtido esclarecimentos adicionais.

Lisboa: vão ser recrutadas dadoras de leite materno para bebés prematuros

Esta é a única zona do país a ter um banco de leite humano, que funciona na Maternidade Alfredo da Costa (MAC), tendo já ajudado desde 2009 mais de mil bebés a receberem leite de outras mulheres que não as suas mães.

Um protocolo que é hoje assinado entre o Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras e o Centro Hospitalar que integra a Alfredo da Costa pretende ajudar a aumentar a oferta de leite humano pasteurizado para recém-nascidos muito prematuros, explicou à agência Lusa a enfermeira Ana Lúcia Torgal, coordenadora do projeto.

Apesar de o banco de leite funcionar na MAC, o leite doado pode ser fornecido a outras unidades de cuidados intensivos neonatais da área de Lisboa, mediante pedidos e protocolos estabelecidos entre as várias instituições.

O leite materno tem várias vantagens quando comparado com o leite artificial, sobretudo no que se refere aos prematuros, a quem é destinado este leite doado, sublinha Ana Lúcia Torgal.

O leite humano reduz em cerca de 30% o risco de enterocolite (inflamação intestinal) e em cinco vezes o risco de intolerância alimentar.

O agrupamento de centros de saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras pretende ajudar a recrutar mais mães lactentes, aumentando a quantidade de leite disponível para os grandes prematuros.

Segundo Ana Lúcia Torgal, a ideia deste projeto surgiu com a dificuldade que muitas vezes a Maternidade Alfredo da Costa sente em ter doações de leite materno, até porque muitas das mulheres que podem ser candidatas acabam por circular mais nos cuidados de saúde primários.

Para isso foi criada uma consulta específica, que é gratuita e funcionará no centro de saúde de Oeiras, onde é aferido se as potenciais dadoras de leite cumprem os requisitos necessários. Um dos objetivos é conseguir 12 mães dadoras no primeiro ano de funcionamento.

A doação de leite materno deve ser iniciada durante os primeiros quatro meses de vida do bebé, sendo que a mãe não deve ainda ter iniciado o desmame do bebé. Só é aconselhável ser doadora até 12 meses depois do nascimento da criança.

Depois de numa consulta do centro de saúde serem selecionadas as dadoras, que têm de ser saudáveis e mães de crianças saudáveis, enfermeiros deslocam-se às casas das mães escolhidas para averiguar as condições da habitação.

As mães recebem do centro de saúde material para poderem fazer a recolha do leite e o congelamento, além de instruções do modo como deve ser extraído e conservado o leite.

“Há cuidados específicos a ter, nomeadamente a higiene das mãos e das mamas e ter atenção para não contaminar os frascos. Exige um cuidado rigoroso. É para grandes prematuros, não é um bebé saudável que vai receber o leite”, especificou Ana Lúcia Torgal.

Depois, o centro de saúde recolhe nas habitações das dadoras o leite congelado, conservando-o num congelador específico cedido pela Maternidade Alfredo da Costa.

A pasteurização do leite doado fica também a cargo da MAC, a maior maternidade do país.

Os materiais que serão distribuídos às dadores de leite recrutadas pelo ACES Lisboa Ocidental e Oeiras foram angariados através de um prémio atribuído pela Missão Continente.

O projeto “Promoção e Apoio do Aleitamento Materno num ACES Amigo dos Bebés” recebeu precisamente um dos prémios da Missão Continente, no valor de 36.863 euros. Esta verba será ainda aplicada em equipamentos e material médico e de enfermagem, mobiliário, equipamento informático e audiovisual, material didático, obras e formação.

A ideia é formar os profissionais de saúde deste ACES nesta área de prestação de cuidados a grávidas, mães e bebés.

Este ACES da região de Lisboa e Vale do Tejo é até agora o único em Portugal a ter recebido a certificação como “Unidade de Saúde Amiga dos Bebés” pela UNICEF, que chegou em setembro do ano passado.

Assunção Cristas: “Não queremos pessoas isoladas e sem apoio em Lisboa”

“O mote é: não queremos pessoas isoladas e sem apoio em Lisboa. Queremos sentir que, qualquer pessoa que esteja em situação de precisar de alguém, que o leve a uma consulta, que o leve a fazer uma compra, que lhe traga um medicamento a casa, consegue ter esse apoio, porque esse apoio está organizado, é fácil, é simples, há um telefone para onde se pode ligar”, defendeu Assunção Cristas.

Falando aos jornalistas durante uma visita ao Centro Social da Musgueira, a candidata da coligação Pela Nossa Lisboa (CDS-PP/MPT/PPM) aproveitou também para dizer que continua à espera que o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), responda ao desafio de um debate televisivo.

“Continuo à espera que o presidente da Câmara, Fernando Medina, responda ao meu desafio, para podermos debater cara a cara, frente a frente, os nossos projetos para a cidade, para o poder confrontar com aquilo que não fez durante dez anos de governação socialista, nomeadamente nesta área social, e perguntar-lhe se o que lhe falta é coragem, porque do meu lado há todo o interesse em ter um debate sério”, disse.

Sobre o projeto de uma rede de cuidadores, Assunção Cristas detalhou que “deve ser organizado e liderado pela Câmara, através da oferta que já existe no terreno”, recusando a criação de uma estrutura própria nos serviços do município, mas admitindo “reforçar a capacidade” de resposta das instituições.

“A ideia é fazer com os cuidadores em Lisboa um pouco aquilo que foi feito pelo nosso vereador João Gonçalves Pereira na rede de combate ao desperdício alimentar, quer dizer, partindo daquilo que já existe no terreno ao nível das instituições sociais, das juntas de freguesia e da Câmara e criar uma rede de trabalho”, declarou.

Serão cuidadores não só técnicos e outro pessoal das instituições, mas também voluntários jovens, acrescentou.

O Centro Social da Musgueira, que Assunção Cristas visitou hoje, foi fundado em 1963, servindo diariamente cerca de 500 pessoas, nas valências de jardim-de-infância, atividades de tempos livres, salas de estudo, apoio domiciliário, centro de dia e formação profissional, entre outras.

A componente de formação profissional faz elevar a 700 os utentes servidos pelo Centro Social, dependendo dos cursos em funcionamento, especificaram à Lusa responsáveis daquela instituição.

Sessões de cinema ao ar livre e com entrada gratuita em Lisboa

De acordo com o DocLisboa, num comunicado hoje divulgado, na quinta-feira será exibida a curta-metragem “Azay”, de Ilias El Faris, vencedor do Prémio Sociedade Portuguesa de Autores do Júri da competição internacional da edição de 2016 do DocLisboa, e a longa-metragem “A noi ci dicono”, de Ludovica Tortora de Falco.

No dia 10 de agosto, será exibido “A cidade onde envelheço”, uma coprodução luso-brasileira com realização de Marília Rocha, que venceu o Prémio Kino Sound Studio do Júri da Competição Portuguesa, na edição 2016 do festival.

As sessões Doc no Largo decorrem às 21:30, têm entrada livre e inserem-se na iniciativa Bairro Intendente em Festa, que decorre até domingo.

A 15.ª edição do festival DocLisboa, dedicado ao documentário, decorre de 19 a 29 de outubro, e a organização já revelou que a realizadora Vera Chytilova, pioneira do cinema checo, que morreu em 2014, vai ser homenageada, com uma retrospetiva da obra cinematográfica.

Outra das retrospetivas já anunciadas será dedicada ao cinema produzido no Canadá francófono e à “vaga de autores que inventam um estilo único de ‘Cinema Directo'”.

A retrospetiva apresentará filmes de autores como Claude Jutra, Michel Brault, Pierre Perrault, Denis Côt e Simon Lavoie, mas é antecipada com o documentário “Un jeu si simple” (1964), de Gilles Groulx, sobre a prática de hóquei no Quebec.

Voos diretos de Lisboa para Pequim a partir do dia 26 deste mês

A afirmação de António Costa foi feita hoje de manhã, durante a cerimónia, num hotel de Lisboa, de inauguração dos voos diretos Lisboa-Pequim, com a presença do presidente do parlamento chinês, Zhang Dejiang, de visita a Portugal desde segunda-feira.

António Costa destacou que rota vai ser operada pela Beijing Capital Airlines (BCA), do grupo Hainan Airlines (HNA), que é “hoje indiretamente acionista da TAP”.

Com a abertura desta ligação, “reforça-se a dimensão de Portugal “como grande ‘hub’ intercontinental”, sendo hoje, segundo o primeiro-ministro, o “grande ‘hub’” dos voos para o Brasil e África.

A companhia chinesa Beijing Capital Airlines, do grupo HNA, vai iniciar a 26 de julho os voos diretos Portugal-China, que numa fase inicial terão preços entre 300 e 400 euros em classe económica, e andarão na casa dos 600 euros em classe executiva.

Esta rota terá três voos semanais entre Pequim e Lisboa, às quartas, sextas e domingos – que chegarão ao aeroporto da Portela às 7h30 e partirão para a China às 11h.

Prepare-se para ficar com água na boca

Em 2014 nascia, junto à Praça Luís de Camões, no Chiado, uma fábrica de pastéis de nata confecionados “à moda antiga”. O segredo é simples: estes pastéis de nata não levam ovos líquidos, margarinas ou outros produtos industriais.

Os Lisboetas já sabem que quando toca o sino é porque vem aí mais uma fornada dos pastéis de nata da Manteigaria. E agora é a vez dos portuenses deixarem-se conquistar por estes pastéis de nata que, em parceria com a Delta Cafés, chegam à baixa portuense, ao espaço Delta Q, junto ao mercado do Bolhão.

Já imaginou o que será combinar um bom café com um bom pastel de nata? A abertura do espaço está prevista já para o próximo dia 13 de julho.

“O humor também se ensina”

Bang Produções, uma produtora especializada em humor e comédia, abre Curso de Verão de Stand up Comedy. O desafio é, em apenas uma semana, os aspirantes a comediantes escreverem um texto e interpretarem-no ao vivo perante um público de desconhecidos.

O curso decorrerá nos dias 26, 27, 29 de junho, com gala de apresentação ao público agendada para dia 2 de Julho pelas 22 horas no Auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude, em Lisboa.

Bang Produções é a única formadora de Stand up Comedy em Portugal com mais de 600 alunos em oito anos. Além da formação garante, também, palcos de ensaio que permitem aos ex-alunos evoluir nesta arte de palco. Mantém três comedy clubs semanais onde ex-alunos e curiosos sobem a palco e testam texto ou experimentam pela primeira vez stand up comedy. O criador e formador do Curso é Paulo Oliveira, para quem  “Humor é Poder” e “conseguir um sorriso de alguém é criar uma oportunidade, por isso ajuda empreendedores a lidar com o desconforto ou constrangimento num pitch ou numa cold call”.

A Bang Produções cria e produz conteúdos para os Media e New Media, espectáculos personalizados, teambuilding e formação de humor para empresas.

O curso terá lugar no CinemaCity em Campo Pequeno, Lisboa.

P63641_fornec3W

“Astronomia no Forte” permite a observação dos astros à noite

Integrado no programa EXPLOR(A)LQUEIDÃO, o programa “Astronomia no Forte” promovido pelo Centro de Interpretação das Linhas de Torres (CILT) em Sobral de Monte Agraço, organiza a sua 2ª edição astronómica noturna.

Os visitantes poderão explorar o Circuito do Alqueidão sob uma nova perspetiva, observando o céu. Destinado ao público em geral e famílias, “Astronomia no Forte” permite a observação de estrelas, cuja dinamização fica a cargo da empresa Via Láctea.

O programa EXPLOR(A)LQUEIDÃO’17 é a 2.ª edição de um ciclo de atividades que decorrem, entre maio e outubro, no Circuito de Visita do Forte do Alqueidão. Durante seis meses, o Alqueidão e os outros Fortes do seu Circuito de Visita organizam diversas ações que têm como objetivo dar a conhecer e usufruir deste espaço patrimonial sob diferentes perspetivas.

Inscrições abertas para o “Astronomia no Forte” até 28 de junho através do 261 942 296 ou turismo@cm-sobral.pt.

Sobre Sobral de Monte Agraço

O concelho de Sobral de Monte Agraço pertence ao distrito de Lisboa, integrando a sub-região Oeste (NUTS III) e a região Centro (NUTS II). É limitado a sul e a poente pelos concelhos de Mafra e Arruda dos Vinhos, a norte pelo concelho de Torres Vedras e a nascente pelo concelho de Alenquer.

O programa Explr(A)lqueidão, tem, este ano, a sua segunda edição e desenvolve atividade que dão a conhecer e a usufruir do património sob diferentes perspetivas. Os participantes são desafiados a experimentar, a aventurar-se e a explorar o Grande Reduto do Sobral de uma maneira inovadora e inesperada. O ponto de encontro para todas as atividades é, sempre, o Núcleo de Apoio ao Visitante do Circuito do Alqueidão e a inscrição prévia é obrigatória.

Social Media

2,401FãsGosto
107SeguidoresSeguir