Inicio Tags Meu Super

Tag: Meu Super

“A marca Meu Super incentiva o franquiado a ser o rosto da sua loja”

O grande fator de sucesso da marca Meu Super passa pelo seu conceito de proximidade. Que outras valias apresenta a marca para consumidores e para empresários e empreendedores?

As lojas Meu Super localizam-se predominantemente em zonas habitacionais ou de grande fluxo pedonal, apostando num comércio de proximidade dentro das localidades em que estão inseridas.

Uma das maiores vantagens competitivas do Meu Super é a gama de produtos ajustada às necessidades da comunidade, onde cada supermercado está inserido, sendo esta uma das razões para cada loja ser única.

Os clientes do Meu Super, além de encontrarem os produtos das suas marcas de eleição, têm ainda disponíveis os produtos da marca própria Continente, eleita Marca de Confiança dos portugueses desde 2003, sem ter que se deslocar a um hipermercado.

Estes poderão também usufruir de todas as vantagens proporcionadas pelo Cartão Continente, através de descontos na loja e de benefícios numa rede alargada de parceiros, destacando a Galp e a Well’s.

Foi eleita Escolha do Consumidor (pela terceira vez consecutiva), Escolha do Consumidor Excellentia e ainda Cinco Estrelas em 2018.

Este negócio tem como principais mais valias ter sido desenvolvido especificamente para o formato de franquia, tanto para lojas de raiz como para lojas já existentes, sem fees, nem direito de entrada,

Um dos principais fatores de sucesso é ter o apoio de uma equipa, que faz parte de um grupo com mais de 30 anos de experiência no retalho alimentar, exclusivamente dedicado ao negócio que ajuda em todas as fases do processo, tendo já uma rede mais de 300 lojas.

Em 2018 ganhou ainda três prémios de franchising, pelo terceiro ano consecutivo (Expansão Nacional, Expansão Comercio, Expansão Geral).

Foram a marca que cresceu mais em franquia em 2015 e 2016. O que justifica este sucesso? Que balanço é possível fazer de 2017?

O sucesso das lojas Meu Super deve-se, ao modelo de negócio especificamente desenvolvido para o formato de franquia, o que nos permite estarmos focados em apoiar os nossos parceiros, bem como, os seus clientes, que também são os nossos clientes. Oferecemos soluções vantajosas para ambas as partes: franquiados e consumidores. O nosso objetivo foi superado e terminámos o ano 2017 com 300 lojas. Pretendemos, em conjunto com os nossos parceiros, dar continuidade ao trabalho até agora conseguido.

A tendência do consumo nos últimos anos tem vindo a alterar, principalmente no retalho alimentar de proximidade que tem ganho cada vez mais clientes. Além do fator diferenciado de uma experiência mais personalizada, os consumidores estão cada vez mais recetíveis a fazer compras perto de casa ou do trabalho, e não ter que se deslocar até grandes superfícies para efetuar as compras do mês, repartindo a lista de compra consoante as necessidades do dia a dia, ganhando mais tempo para fazer o que gostam.

De que forma é que asseguram a viabilidade do investimento ao nível do franchising? O fato de terem a Sonae MC como «estandarte» deste processo é um fator positivo e, talvez, até decisivo?

No sector do comércio a retalho há uma evidente evolução. O sucesso de um negócio pode resumir-se à capacidade que cada retalhista tem de se atualizar e de responder à exigência do consumidor atual.

Pretendemos continuar a contribuir para a revitalização do comércio tradicional e para a criação de novos empregos.

Acreditamos que o fato de fazermos parte do Grupo Sonae é um fator decisivo, pois é o maior e mais conceituado operador português de retalho alimentar, com décadas de experiência acumulada no desenvolvimento de novas lojas, novas insígnias e novas marcas, sempre com o objetivo de satisfazer as necessidades dos consumidores.

Um dos pontos chave para o sucesso passa pela sintonia entre franqueador e franqueado. Como perpetuam essa dinâmica de acordo? Qual o vosso papel na promoção dessa solidez e consistência entre ambos?

A marca Meu Super incentiva o franquiado a ser o rosto da sua loja, para uma experiência de compra personalizada. É este formato de proximidade, juntamente com um forte conhecimento dos seus clientes, que permite às lojas oferecer um serviço de qualidade e singular que cria um elo emocional com os seus clientes, algo que não é conseguido em lojas de grande dimensão.

Existe uma equipa própria preparada para acompanhar as lojas, desde o momento de pré-abertura da loja e que acompanha a loja no seu dia a dia. O nosso modelo de negócio é um processo de parceria, feito lado a lado.

Porque é que o Meu Super é um conceito de franchising inovador?

A inovação é importante para o nosso mercado, nomeadamente ao nível de desenvolvimento de produto e em novos conceitos de desenvolvimento do negocio. A experiência do consumidor continuará a ser um dos eixos de atuação da marca.

O risco é, naturalmente, uma vertente que está sempre associada a qualquer negócio. Desta forma, como procuram minimizar este risco para aqueles que vos procuram?

Os parceiros beneficiam do “know-how” do maior retalhista e líder em Portugal, que lhes oferece todo o apoio no estudo de suporte à decisão na localização da sua loja, desde o layout, definição da gama, montagem da loja, soluções de IT de suporte ao negócio e formação das equipas. Podem ainda contar com toda a estrutura logística da Sonae.

Ao nível de espaços existentes em Portugal em que ponto estão neste momento? Qual o plano/desiderato para 2018?

O grande desafio é alargar a rede de lojas da marca e chegar cada vez mais perto das famílias portuguesas. Estamos convencidos de que há ainda espaço para estes formatos de proximidade crescerem quer na criação de novas lojas quer na modernização de lojas já existentes, sobretudo, porque os portugueses fazem cada vez mais compras de pequena dimensão e de forma mais frequente, o que favorece bastante as nossas lojas.

O franchising em Portugal tem crescido bastante. O que significa isto? De que forma é que este vetor de mercado é importante na redução, por exemplo, dos níveis de desemprego em Portugal?

O franchising do Meu Super é um caminho para revitalização dos seus negócios ou desenvolvimento de novas atividades: beneficiam da garantia de preços competitivos, de uma gama ampla e profunda de produtos de marca própria e de fornecedor, adaptável, a realidades distintas, da disponibilização de folhetos promocionais quinzenais e da utilização de sistemas informáticos idênticos aos das restantes lojas da Sonae. Pretendemos continuar a contribuir para a revitalização do comércio tradicional e para a criação de novos empregos.

Atualmente, o Meu Super totaliza mais de 300 lojas, o que representa mais de 1200 postos de trabalho e 50.000 m2 de superfície comercial.

Inovação e Apoio da Casa Mãe são os dois pontos mais essenciais para alcançar o êxito com e no Meu Super?

O Grupo Sonae é o maior e mais conceituado operador português de retalho alimentar, com décadas de experiência acumulada no desenvolvimento de novas lojas, novas insígnias e novas marcas, sempre com o objetivo de satisfazer as necessidades dos seus clientes.

Os parceiros da Sonae MC na rede Meu Super beneficiam de um conjunto alargado de vantagens que lhes confere competitividade no mercado nacional.

A terminar, porque é que apostar no modelo Meu Super é apostar numa orgânica vencedora e de sucesso?

Significa escolher um formato ganhador, sólido, consistente e seguro, com vantagens claras para empresários, empreendedores e consumidores. Isto traduz-se em contactos permanentes e em decisões conjuntas.

MEU SUPER PROPORCIONA 300 MIL EXPERIÊNCIAS AOS SEUS CLIENTES

O Meu Super celebra o seu sétimo aniversário com o lançamento de uma campanha com 300.000 ofertas grátis.
Para ganhar, basta efetuar uma compra de valor igual ou superior a 15€ registada em Cartão Continente, numa loja Meu Super aderente à campanha, entre os dias 2 e 31 de maio de 2018. Depois recebe de imediato um voucher que lhe dará direito a uma das 300.000 experiências.
As experiências estão divididas em 3 categorias: beleza e bem-estar, dança, radical ou desportiva. Entre as setecentas de ofertas disponíveis pode escolher entre sessões de maquilhagem, massagens, cortes de cabelo, aulas de zumba, danças de salão, hip hop, ballet, yoga pilates, surf, natação, passeios de bicicleta e muitas outras experiências espalhadas de norte a sul do país e ilhas.
Pode encontrar toda a informação sobre a campanha, bem como os termos e condições de participação em: www.7anosmeusuper.com
Os clientes das mais de 300 lojas Meu Super podem assim festejar os sete anos da insígnia e continuar a confiar na sua loja de proximidade, que dispõe de todos os produtos necessários no dia-a-dia, com a confiança da marca Continente.

O ‘Meu Super’ iniciou a sua atividade em 2011 e, em sete anos, já contabiliza mais de 300 lojas em todo o país.
Atualmente, a insígnia representa mais de 1000 postos de trabalho, sendo um sucesso ao nível da criação e manutenção de emprego em Portugal.
Sem fees ou comissões à entrada, o formato está disponível a interessados da pequena distribuição de proximidade, em moldes bastantes competitivos, bem como a empresários que se pretendam estabelecer de novo neste mercado. As lojas Meu Super ambicionam ser lojas de autor, personalizadas pelo franqueado, ao mesmo tempo que beneficiam do know-how da Sonae, o maior retalhista em Portugal. Garantia de preços competitivos para uma gama ampla de produtos; logística e sistemas informáticos eficientes; apoio na construção de um conceito de loja apelativo e formação em áreas como segurança alimentar e atendimento, são algumas das mais-valias para os franquiados Meu Super, parceiros da Sonae.

“O grande fator de sucesso da marca Meu Super é o seu conceito de proximidade”

A rede de supermercados Meu Super, do Grupo Sonae MC (Modelo Continente) tem tido um crescimento exponencial desde que surgiu em Portugal em 2011, quer em número de lojas, quer em termos de cobertura territorial do país, quer no que respeita ao volume de vendas. Quais as principais características da marca que lhe têm permitido este crescimento?

O grande fator de sucesso da marca Meu Super é o seu conceito de proximidade. É um formato para empresários e empreendedores, que encontram no Meu Super uma forma de entrar no mercado de retalho alimentar ou de modernizar um modelo de negócio tradicional, com a garantia e o suporte da Sonae MC. Depois, é uma mais-valia para os consumidores, que, através das lojas Meu Super, têm acesso aos produtos que precisam no seu dia-a-dia, acesso aos produtos da marca continente e com um atendimento personalizado.

Segundo alguns dados, a vossa marca apresenta números excecionais, ou seja, o número de lojas da rede passou de 24 no final de 2012 para um total de 260 no final de 2016. Como se explica este nível de evolução?

De facto, a rede de lojas Meu Super evolui muito em apenas seis anos. Foi a marca que cresceu mais em franquia em 2015 e 2016. A justificação para este sucesso é que este modelo de negócio é diferenciador e beneficiada solidez e da confiança proporcionada pelo maior retalhista português como a Sonae MC.

Assumem-se como um conceito de supermercados de proximidade lançado pela Sonae em 2011, especificamente desenvolvido para o sistema de franchising. Que vantagens apresentam a quem vos procura no sentido de apostar na vertente da franquia?

Sim, o Meu Super é uma marca que tem crescido sob o modelo de franquia e, nesse âmbito, a Sonae MC garante apoio em todas as fases do processo. Assegura a análise de viabilidade do investimento, na definição de layout do espaço, na seleção do equipamento e, até, na seleção da oferta de loja.

Os clientes poderão também usufruir de todas as vantagens proporcionadas pelo cartão de fidelização do Continente, através de descontos nas lojas e de benefícios numa rede alargada de parceiros.

Na vossa estratégia, de que forma é importante que os empreendedores que se juntam a vocês acreditem na vossa fórmula? De que forma é a mesma essencial para o próprio sucesso? É legítimo afirmar que é este modelo e filosofia que têm contribuído para captarem um número crescente de potenciais interessados?

No caso do Meu Super e, diria, em qualquer negócio desenvolvido sob o modelo de franquia, é fundamental que o franqueador e o franqueado estejam em sintonia e saibam qual é o papel de cada uma das partes no negócio, para se atingir o sucesso. Os últimos seis anos de atividade revelaram a solidez e consistência do nosso modelo de franquia. Estamos, por isso, muito satisfeitos com os resultados alcançados, mas acreditamos que o futuro será ainda mais risonho.

Todos os negócios acarretam riscos e o modelo de franquia não “foge” a esse cenário. Quais são os principais riscos do vosso modelo de franchising? De que forma é que promovem um acompanhamento e aconselhamento constante aos empreendedores interessados na vossa marca?

Sim, todos os negócios e investimentos compreendem um risco, que, no caso do Meu Super é minimizado pelo acompanhamento e apoio que a Sonae MC faz junto dos franqueados Meu Super. Isto traduz-se em contactos permanentes e em decisões conjuntas.

Como é precedido todo o processo de seleção, aconselhamento e implementação de cada loja? É de facto uma parceria, ou seja, um percurso comum?

É sempre um processo de parceria, feito lado a lado. O primeiro contacto é normalmente estabelecido pelo empresário ou empreendedor que tem interesse na marca Meu Super. Depois de formalizado o interesse, é feita uma avaliação de viabilidade da franquia, que compreende estudos de mercado e análises de investimento.

Após esta fase, passa-se então para a preparação ou conversão do espaço de loja, para a definição do layout e escolha do equipamento. Após abertura mantemos um contacto permanente, para que as duas partes possam assegurar o sucesso da loja.

Qual é a taxa de sucesso dos vossos franquiados?

A taxa de sucesso é muito elevada e superior à média do mercado. Acompanhamos e apoiamos com programas desenvolvidos e específicos para a dinamização das vendas das lojas.

É legítimo afirmar que o modelo de franchising, hoje em dia, assume-se cada vez com um cariz de serviço às populações pela dinâmica que perpetua na proximidade e zonas envolventes?

Julgo que o formato de proximidade das lojas Meu Super favorece a revitalização do chamado comércio tradicional, através de um modelo mais profissionalizado e ajustado às necessidades atuais dos consumidores. Por outro lado, as lojas Meu Super assumem atualmente um papel central dos bairros e de pequenas localidades, porque acabam por ser o local onde os vizinhos se encontram e interagem, o que acaba por favorecer também a vida da comunidade.

A inovação é um vetor essencial e importante na vossa dinâmica? Em que aspetos?

A inovação é importante para o nosso mercado nomeadamente ao nível de desenvolvimento de produto e em novos conceitos de desenvolvimento do negócio. A experiência do consumidor continuará a ser um dos eixos de atuação da marca.

Quais são os grandes desafios atuais da marca? Existe espaço para o crescimento de espaços em Portugal? Se sim, de que forma o irão perpetuar em 2018? Acredita que o modelo de franquias/franchising é cada vez mais o futuro?

O grande desafio é alargar a rede de lojas da marca e chegar cada vez mais perto das famílias portuguesas. Estamos convencidos de que há ainda muito espaço para estes formatos de proximidade crescerem quer na criação de novas lojas quer na modernização de lojas existente, sobretudo, porque os portugueses fazem cada vez mais compras de pequena dimensão e de forma mais frequente, o que favorece bastantes as lojas Meu Super.

Escolher a rede de supermercados Meu Super significa exatamente o quê?

Significa escolher um formato ganhador, sólido, consistente e seguro, com vantagens claras para empresários, empreendedores e consumidores.

EMPRESAS