Inicio Tags TOYOTA CAETANO Portugal

Tag: TOYOTA CAETANO Portugal

#Toyotachallenge: Pense segurança. Pense Toyota

Esta iniciativa da Toyota Caetano Portugal colocou à prova os 54 operadores que participaram no primeiro torneio Toyota Challenge. As equipas foram divididas em dois grupos. Durante a manhã metade das equipas realizaram provas de perícia e segurança enquanto a outra metade esteve em formação e avaliação, trocando na parte de tarde. “Foram realizadas sete provas, seis delas executadas por um dos elementos de cada equipa, enquanto a última prova, uma prova específica de segurança, foi executada pelos dois operadores em conjunto. As provas exigiam que as equipas fossem multidisciplinares. Cada prova tinha um tempo limite e uma check list de penalizações, caso não fossem cumpridas as regras de segurança, que contribuíram para a avaliação do júri e a atribuição de prémios às melhores equipas”, explicou-nos Ana Paula Soares, Diretora de Marketing da Divisão de Equipamento Industrial da Toyota Caetano Portugal.

Em paralelo ao torneio, a Toyota Caetano Portugal teve em exposição um parque com máquinas e soluções inovadoras, bem como uma área específica para segurança. Nessa área estavam em demonstração soluções direcionadas para tecnologia, produtos e soluções que possam trazer mais segurança às operações dos clientes.

Estava, ainda, em exposição um simulador de condução de um empilhador. Durante sete minutos era possível executar uma prova com alguns desafios relacionados com a segurança nas operações de movimentação de cargas e direcionados para o público da geração das novas tecnologias e da era digital. Esta opção da marca por demonstrar e expor diversos equipamentos e soluções foi bastante procurada pelos responsáveis das empresas que acompanharam os seus operadores e resultou numa mais-valia para o evento.

O Toyota Challenge decorreu ao longo de todo o dia e presenteou, no final, os vencedores que cumpriram o melhor tempo e pontuação, com perícia e segurança, as sete provas com equipamentos da gama elétrica da Toyota Material Handling.

DESAFIO ACEITE

Os participantes, esses, mostraram-se motivados e bastante envolvidos nas provas e na formação. Mais do que o prémio, o importante ali era assimilar as boas práticas de segurança, o networking, espírito de equipa e superar o desafio.

Todas as equipas receberam um troféu e o diploma de participação na prova. A competição foi coordenada por uma equipa técnica constituída por elementos e operadores da Toyota caetano Portugal.

A PALAVRA A …

Carlos Ramos, Responsável da Unidade Ambiente e Segurança da Divisão Sul

“O Toyota Challenge representa, não só a divulgação da marca, mas a divulgação das características de segurança dos equipamentos da Toyota Material Handling. A valorização da segurança em movimentação de carga e a segurança dos próprios operadores é importante para nós e é importante que os operadores de máquinas tenham a perceção de que esta atividade é uma atividade de risco muito elevado. É preciso sensibilizar para as boas práticas em relação à utilização de máquinas. O Toyota Challenge também representou uma forma de mobilizar os nossos clientes e dar-lhes a conhecer uma gama avançada de equipamentos e soluções para as suas empresas”.

“Construímos relações de confiança que nos permitem ser líderes de mercado”

12

A Toyota Caetano Portugal (TCAP) assume-se como um fornecedor de equipamentos e serviços para os operadores logísticos. A TCAP e a marca, trabalham de perto este segmento de clientes, através da oferta e desenvolvimento de soluções quer em termos de equipamentos quer em termos de serviços, direcionados a reduzir o custo das suas operações logísticas.

Para reforçar esse posicionamento, a empresa tem lançado produtos e serviços no mercado que se apresentam como soluções inovadoras. De que produtos estamos a falar no que diz respeito ao tema da paletização?

Recentemente, com o desenvolvimento das áreas e-commerce, a empresa tem reforçado o desenvolvimento de produtos para manuseamento de itens isolados, mas ainda assim praticamente toda a gama de equipamentos que comercializamos está direcionada ao manuseamento de materiais paletizados. A diversidade de soluções que apresentamos pretende cobrir necessidades até às 8,5 toneladas, e alturas até aos 13 metros, com versões destinadas a movimentações em interior e outras para exterior. Em 2017 serão lançados dois novos produtos – um porta-paletes elétrico e um stacker elétrico de entradas de gama, destinados a operações ligeiras, mas que são considerados como o equipamento básico e essencial em qualquer operação. Estes equipamentos básicos, começam em Portugal, tal como na Europa, a substituir o tradicional porta-paletes manual, em resposta às necessidades de melhor ergonomia e proteção dos operadores contra lesões músculo-esqueléticas. O segundo equipamento em lançamento será o empilhador retrátil da família BT Reflex. Mantém todas as características que o tornaram uma referência de sucesso e melhora substancialmente ao nível do mastro, com maiores alturas de elevação e maiores capacidades residuais. Apresenta como novidade o posicionamento correto dos garfos através de um laser, que facilitará substancialmente o acesso às paletes sobretudo quando se estão a manusear materiais a 13 metros de altura.

Apostando na aquisição da empresa representante da marca BT em Portugal, a Toyota Caetano Portugal disponibiliza uma gama completa e alargada de equipamentos para movimentação de cargas em armazém da reconhecida marca sueca BT. Que mais-valias resultaram desta aquisição?

Com a comercialização dos empilhadores contrabalançados Toyota, desde 1970, a empresa construiu um vasto conhecimento das necessidades logísticas e reconhecimento pelo segmento da Indústria. A forma de trabalhar com a logística da Distribuição & Armazenagem é diferente e foi com a ligação à marca BT que rapidamente entramos neste segmento e construímos relações de confiança que nos permitem ser líderes de mercado consecutivamente, desde a aquisição. Este ano entramos na última fase de integração da marca BT na Toyota, com os equipamentos a ostentarem definitivamente a marca TOYOTA, mas sem se perder o legado BT, que passa a ficar associado à família, como por exemplo família BT Levio de porta-paletes elétricos Toyota ou família BT Reflex de empilhadores retráteis Toyota.

Que importância assume a paletização nos dias de hoje e que valor acrescenta às empresas?

A paletização representa para as empresas considerável redução de custos com as operações logísticas e com outros processos da supply chain, desde otimização dos espaços de armazenagem, nomeadamente armazenagem vertical, pois facilita armazenar uma quantidade maior de ítens numa dada área, redução em termos de tempo e custo das movimentações e transportes, redução dos danos e furtos nas mercadorias por maior facilidade em as proteger com cintas ou filme; simplificação dos processos de rotulagem/ identificação e controlo de inventário; redução de custos com pessoal e maior facilidade em mecanização e automatização de processos, entre outros.

Os modernos sistemas de produção utilizam de forma crescente equipamentos automáticos, nomeadamente equipamentos baseados em robôs industriais, que se apresentam como uma opção económica. Que desafios se impõem à robótica industrial? 

A automação não só otimiza os processos, como também aumenta a produtividade e a rentabilidade. O rápido desenvolvimento e crescimento de tecnologias de informação e robótica, trazem novas perspetivas às empresas para inovar em termos de automação. Os tradicionais sistemas de transporte, têm potencial para ser substituídos por veículos automáticos guiados (AGVs), como resposta à exigência de flexibilidade e de sistemas mensuráveis. Um grande interesse sobre AGVs vem de aplicações com um alto nível de tráfego de empilhadores em áreas densamente povoadas onde acidentes com pedestres e danos no produto são de alto risco. A Toyota Material Handling Europe está atenta às tendências e ao potencial desta área e tem vindo a dar passos largos no desenvolvimento de soluções para automatização de artigos paletizados ou de ítens isolados:

O Toyota BT Staxio SAE160 é um stacker AGV equipado com tecnologia de navegação a laser associado a fortes características de segurança, destinado a movimentos repetitivos de transporte horizontal e empilhamento. Pode ser usado como equipamento ‘stand-alone’ em operações simples, como o transporte de mercadorias, ou em operações maiores, integrado numa frota de empilhadores e no WMS do cliente. O Autopilot TAE050, lançado na feira IMHX no Reino Unido em finais de 2016, é uma outra solução da Toyota Material Handling Europe. Esta solução de baixo custo pode ser instalada facilmente. Otimiza fluxos internos, reduz o custo de mão-de-obra e danos, tudo de forma precisa e segura. As operações são simplificadas e otimizadas especialmente em processos produtivos, empresas de e-commerce ou instalações ligadas à saúde. Um dos principais benefícios do automático TAE050 é a fácil instalação. O TAE050 segue uma tira magnética no chão e recebe comandos ao longo do caminho dos marcadores no piso ao lado da fita de orientação. Depois de definir o fluxo do material e as paragens para (des)carga, basta enfiar a fita e os marcadores no chão e iniciar a máquina.

 

RESPONDER ÀS NECESSIDADES DO CLIENTE DE FORMA PROATIVA

Presente no mercado há mais de 40 anos, a TOYOTA CAETANO Portugal traçou o seu caminho, tornando-se numa empresa sólida e estabelecendo-se numa posição cimeira e de prestígio no mercado. Com que prioridades e desideratos se apresenta hoje a empresa no mercado?

É uma realidade que a empresa ocupa uma posição de liderança do mercado consistentemente desde 2009, ano em que se consolidou a fusão das marcas Toyota e BT na Toyota Caetano Portugal. Desde então que a nossa posição no segmento de logística, nomeadamente armazém e distribuição, tem vindo a ser cada vez mais sólida. Mas os desafios da logística são cada vez mais complexos e os clientes cada vez mais exigentes. Isso exige da nossa parte um alinhamento constante com as novas realidades e necessidades e uma resposta imediata. Essas têm sido e vão continuar a ser as nossas prioridades, apostando cada vez mais em soluções dedicadas e na excelência do serviço ao cliente.

A sua Divisão de Equipamento Industrial dedica-se exclusivamente à satisfação das necessidades logísticas dos clientes portugueses. Que importância assume atualmente esta divisão para a marca?

A atividade Toyota no grupo Salvador Caetano está dividida em três áreas de negócios, concentradas na empresa Toyota Caetano Portugal – Automóvel, Indústria e Equipamento Industrial, sendo que esta última representa cerca de 10% do volume de negócios. Em 2015 a Divisão de Equipamento Industrial atingiu um volume de negócios de cerca de 24 milhões de euros.

Certo é que as tecnologias de informação, a complexidade do mercado e a exigência dos clientes estão a transformar o panorama, obrigando as empresas a mudar e a perceber que os desafios hoje são globais. Estão as empresas preparadas para as exigências que a inovação implica?

Cada vez mais as empresas e as marcas apostam em soluções mais tecnológicas e nas tecnologias de informação para responder à complexidade e dimensão das operações. Um exemplo de sucesso tem sido a solução para gestão de frotas Toyota I_Site que permite aos clientes otimizar a gestão da sua frota de equipamentos  com recurso a informação operacional atualizada, através de um pc ou smartphone. Um outro exemplo é o desenvolvimento de uma gama de rebocadores elétricos ágeis para responder às necessidades crescentes de picking no segmento e-commerce.

Como bem disse, os desafios hoje são globais, e o dinamismo que a logística imprime atualmente no mercado obriga à procura por soluções inovadoras e com um suporte tecnológico por trás como forma de reduzir os custos operacionais. Por outro lado as marcas estão sensíveis às necessidades crescentes dos clientes e estão atentas às potencialidades que as novas tecnologias e inovações podem trazer ao setor. Esta tendência verificou-se perfeitamente este ano, durante a feira CeMAT, em Hannover. Uma das áreas mais procuradas pelos clientes foi a área dedicada ao futuro, onde os clientes poderiam observar os passos que a marca está a dar em matéria de automatização, tecnologias e processos direcionados à logística.

De 19 e 20 de outubro, o Centro de Congressos de Lisboa foi palco do 19º Congresso de Logística. Tanto a logística como o seu próprio contexto estão em constante mutação, e é dessa evidência que surge o tema do evento. O que representa um congresso com uma temática desta magnitude e quais as conclusões que se retiraram do mesmo?

O congresso é uma excelente plataforma para aumentar a reflexão e o conhecimento logístico, face à elevada qualidade dos oradores e aos temas das apresentações. Por outro lado, é uma oportunidade para reforçar as redes de parcerias, uma vez que o setor está praticamente todo associado e presente neste congresso.

 A importância da inovação para o sucesso das empresas é uma realidade inevitável. A verdade é que logística e inovação não podem estar dissociadas? Como perpetua a marca esta simbiose?

Em nosso entender, logística e inovação estarão cada vez mais associadas, face à dinâmica dos processos e à imprevisibilidade. Os desafios são grandes, mas joga a favor, o facto de ser dos setores com pessoas mais jovens e daí também mais motivadas para a mudança e com maior abertura às potencialidades da inovação.

O que podemos esperar da TOYOTA CAETANO Portugal no que concerne ao contributo para a evolução da atividade logística no país?

Somos uma empresa vocacionada essencialmente para a prestação de serviços, com uma grande flexibilidade e autonomia em termos de resposta ao cliente. Mas temos igualmente uma grande marca por trás a apoiar e desenvolver muitos dos desafios e casos de sucesso, em Portugal.

Sustentabilidade

Pelo sétimo ano consecutivo a Toyota foi eleita “Marca de Confiança” do setor automóvel. Num momento em que as questões ambientais continuam no centro das preocupações dos consumidores, este reconhecimento premeia o foco e preocupação que a Toyota tem na área ambiental.

Certificada de acordo com as normas ISO, a Toyota Caetano Portugal aposta na melhoria contínua ao longo de todos os processos da atividade. Nesse sentido, a Certificação Integrada do Sistema de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança, é o reconhecimento de uma preocupação com o aperfeiçoamento constante dos processos e procedimentos internos, que se tem evidenciado em impactos positivos sobre o seu desempenho geral e sobre o contributo para a sustentabilidade das operações dos clientes. Com a certificação a Toyota Caetano Portugal garante que toda a organização vê o cliente como prioritário. A marca tem crescido, assim, de forma sustentada, estrategicamente orientada para a excelência.

Otimização de custos

A Toyota Caetano Portugal apresenta-se no mercado com um conjunto de ferramentas que permite aos seus clientes ter uma noção completa e detalhada da gestão de toda a frota de equipamentos que têm ao seu dispor. Orientada para responder sempre de forma proativa às necessidades dos clientes, a marca tem procurado contribuir para uma otimização e redução de custos finais para o consumidor e o aumento da produtividade.

A desenvolver novas soluções automatizadas que permitam a rentabilidade do tempo, maior rapidez das operações e o aumento da produtividade, a Toyota Caetano Portugal sabe que o setor da logística e distribuição está em constante mutação e para o qual está a preparar-se.

Flexibilidade e versatilidade são outras duas características que definem e destacam a marca no mercado. É importante criar uma relação de confiança com o cliente para que o mesmo saiba que pode recorrer aos produtos e serviços da Toyota Caetano e que esta irá responder rápida, prontamente e de forma adaptada às suas necessidades.

Com 1165 equipamentos vendidos em 2015 e mais de cinco mil em operação, a atividade de empilhadores na Toyota Caetano conta com 152 colaboradores e cerca de 50 viaturas oficina para assistência nacional. A marca tem capacidade para assegurar negócios nacionais e internacionais, com produtos, soluções de negócio e serviços para otimizar as operações dos clientes.

Social Media

0FãsGosto
112SeguidoresSeguir

EMPRESAS

Tecnologia