Decisão de Cavaco conhecida na semana do 25 de novembro

Celebração do golpe de Estado de 1975 poderá ficar marcada pela decisão do Presidente.

2029
Cavaco Silva

O semanário SOL indica, esta sexta-feira, que a decisão do Presidente da República sobre a composição do novo Executivo só deverá ser conhecida na semana de 25 de novembro.
A altura em que se celebram os 40 anos sobre o golpe de Estado conduzido por forças associadas à Esquerda radical – deixando PS e PCP em lados opostos – deverá ser a escolhida para Cavaco Silva comunicar a sua decisão ao país.

Até lá, o chefe de Estado tem ainda parceiros sociais para ouvir – CGTP e UGT são ouvidos hoje – e os partidos com assento parlamentar. Além disso, é conhecida a pretensão de consultar outras personalidades antes de decidir ou não pela indigitação de António Costa como primeiro-ministro.

Em todo o caso, esta hipótese é já encarada como uma certeza no seio do PS. Prova disso é o facto de o secretário-geral estar já a fazer convites para a constituição do Executivo.
No primeiro encontro com Cavaco Silva, António Costa poderá ser confrontado com algumas exigências, nomeadamente a de um acordo assinado com os partidos de Esquerda com o compromisso de que viabilizarão o Orçamento, ao invés de apenas uma promessa de encetar “um exame comum” com vista à sua aprovação.