Reservas de voos caem após ataques em Paris

As reservas de voos para Paris caíram na semana seguinte aos ataques terroristas, segundo os últimos dados da ForwardKeys. As reservas online, que têm em consideração reservas diárias e cancelamentos, desceram 101% face a igual período do ano passado.

2303

As viagens para Paris foram afetadas imediatamente após os ataques de 13 de novembro e o número de cancelamentos desceu agora consideravelmente, sendo que as novas reservas estão a demorar a retomar o seu ritmo.

Segundo Olivier Jager, co-fundador e CEO da ForwardKeys, “a imagem que resulta dos nossos dados é de que houve cancelamentos dramáticos de última hora de planos de viagens imediatos, sobretudo entre os viajantes de negócios, após os ataques. As novas reservas também caíram drasticamente abaixo dos números do mesmo período do ano passado”.

As maiores descidas de reservas verificaram-se por parte dos EUA, China, Espanha e Itália.
As reservas acumuladas para o período das férias de Natal, em comparação com 2014, estagnou imediatamente após os ataques de 13 de novembro .
Globalmente, o número de cancelamentos de 14 a 21 de novembro aumentou 21% quando comparado com o mesmo período do ano passado, embora agora tenha regressado a níveis normais.

O número de novas reservas permanece 27% abaixo dos números do ano passado.
O cenário para o Natal permanece negro com o número de reservas de viagens para este período agora em menos 13%. Antes dos ataques terroristas, estavam 2% abaixo de igual período de 2014.