Dez anos depois, entraram mais docentes nos quadros do que saíram

Em 2015, entraram nos quadros da Função Pública mais 70 professores do que saíram.

822
Sala de aula

Pela primeira vez desde há 10 anos, entraram nos quadros da Função Pública mais professores do que aqueles que saíram, avança o Diário Económico.

Em 2015, passaram para a reforma 1.400 docentes, de acordo com as listas mensais da Caixa Geral de Aposentações (CGA). Entraram, por sua vez, 1.470 profissionais do Ensino através da última vinculação extraordinária ou da norma-travão.

A parca diferença, que torna o saldo positivo, resultou essencialmente da diminuição do número de aposentações, que no ano passado registou os níveis mais baixos da última década.

O programa de rescisões por mútuo acordo impediu, no entanto, que o número de admissões nos quadros superasse o de reformas. Tal veio a verificar-se este ano.