SEF atento a súbito interesse de asiáticos no Politécnico de Santarém

Súbito interesse de nepaleses em frequentar cursos em Portugal gera estranheza.

3918

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está a acompanhar de perto o súbito interesse demonstrado por alunos asiáticos em frequentar cursos do Instituto Politécnico de Santarém.

De acordo com o jornal O Mirante, este ano letivo foram admitidos no curso de Negócios Internacionais da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém (ESGTS) um total de 41 estudantes nepaleses. Porém, só três se matricularam e frequentam as aulas.

Além disso, mais 30 estudantes do Nepal mostraram intenção de frequentar o mestrado em Gestão das Organizações de Economia Social (entretanto cancelado) na mesma escola.

Os números têm gerado estranheza e fazendo temer a existência de um esquema de entrada de cidadãos asiáticos em Portugal.

“Trata-se de uma situação a que este serviço está atento e a acompanhar, desenvolvendo todas as diligências consideradas necessárias”, explicou ao jornal O Mirante fonte do núcleo de imprensa do SEF.