Empréstimo de 20 mil milhões pode custar vários ativos à Volkswagen

Empresa alemã deu como garantia de pagamento várias participações em empresas.

895

O balão de oxigénio que a banca deu à Volkswagen esta semana poderá acabar por custar à empresa grande parte da estrutura atual. Fontes citadas pela Reuters garantem que a fabricante germânica apresentou vários ativos como garantia de pagamento aos 13 bancos credores, arriscando um colapso total caso o plano de recuperação sofra percalços.

“Não foram discutidos ativos específicos”, garantiu uma das fontes à agência internacional, revelando no entanto que as participações na Audi e BMW não deverão estar incluídas no pacote de garantia. A entrega da parte não-essencial da MAN parece ser uma das escolhas mais prováveis para assegurar o pagamento dos empréstimos, para além da Ducati, Bentley e Lamborghini, “apesar destas participações não serem significativas”, segundo outra fonte da Reuters.

Os 20 mil milhões de euros emprestados pela banca à Volkswagen serão utilizados para cobrir os custos com o escândalo da fraude nas emissões de gases poluentes, juntando-se às reservas financeiras que a empresa criou. Várias centenas de processos já correm em tribunal contra a Volkswagen, exigindo indemnizações nos quatro cantos do mundo.