Ryanair e TAP estarão em negociações para dividir voos

Negócio permitiria que a TAP reduzisse custos.

2114
Avião da Ryanair

Depois de ter sido notícia que a TAP estaria a pensar em acabar com os voos de longo curso no aeroporto Sá Carneiro, no Porto, há agora a possibilidade de vir a partilhar os seus voos com a Ryanair, adianta o Jornal de Notícias.

A empresa low cost tem estado em negociações com a TAP para tentar alimentar os voos de longo curso ficando responsáveis pela rede regional. Ou seja, na rota Lisboa – S. Paulo, por exemplo, a Ryanair ficaria responsável pelo voo entre Lisboa e Madrid e a TAP faria a ligação entre a cidade espanhola e brasileira.

Contudo, segundo o CEO da Ryanair, Michael O’Leary, não há abertura para que a sua companhia possa voar em nome da TAP mas apenas para a TAP comprar o lugar entre o Porto e Lisboa para transportar os seus próprios passageiros.

O objetivo seria conciliar o facto de as companhias aéreas low cost dominarem já vários aeroportos europeus, enquanto companhias como a TAP estão a tentar rentabilizar operações para baixar as suas despesas.