Início Nacional Internamentos ao fim de semana apresentam maior risco de morte

Internamentos ao fim de semana apresentam maior risco de morte

0
Internamentos ao fim de semana apresentam maior risco de morte

É uma realidade já conhecida ‘lá fora’ e que um estudo luso confirmou replicar-se em Portugal: doentes que sejam internados de urgência ao fim de semana apresentam um risco de morte mais elevado. A probabilidade de morte nestes casos é 3,2% superior relativamente aos restantes dias da semana.

As conclusões são de um estudo apresentado em finais de dezembro do ano passado na Conferência Nacional da Economia da Saúde, que apresenta também as causas que justificam os valores apurados: equipas de profissionais mais reduzidas, tempos de espera mais longos e maior dificuldade em fazer determinados exames ou tratamentos.

Além do maior risco de morte, a probabilidade de prolongamento dos dias de internamento é também ele maior, acrescenta o Diário de Notícias.

O estudo baseou-se na avaliação de mais de 200 mil episódios relacionados com internamentos de urgência. Para a análise, foram avaliados os episódios em 36 doenças, que se revelam responsáveis pelo maior número de mortes e internamentos nos hospitais públicos.

As doenças que apresentam maior taxa de mortalidade são cancros do sistema respiratório e digestivo, juntamente com hemorragias intracerebrais.