Migrações: 60% dos refugiados que chegam à Europa são crianças e mulheres

As crianças e mulheres constituem quase dois terços dos migrantes e refugiados que arriscam a perigosa travessia marítima da Turquia para a Grécia, na sequência dum importante aumento no fluxo dos menores de idade, anunciou a ONU.

768

De acordo com a agência das Nações Unidas para a Infância (Unicef), quase 60 por cento dos refugiados que chegam à Macedónia (FYROM) desde a Grécia, após cruzarem o Mar Egeu, no Mediterrâneo oriental, são crianças e mulheres, constituindo a maioria dos migrantes, um fenómeno que até agora não tinha ocorrido, afirmou hoje a porta-voz da Unicef, Sarah Crowe.

A agência das Nações Unidas calcula em concreto que 36% dos que fazem a travessia entre a Turquia e a Grécia são menores de idade.