Anacom: Portugal está a dar «pouca atenção» à economia digital

A presidente da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), Fátima Barros, considerou hoje que Portugal está dar pouca atenção à economia digital e lembrou que cerca de um terço da população portuguesa não tem acesso à Internet.

1029

Fátima Barros falava na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, no âmbito da apresentação do plano plurianual de atividades e a programação do seu desenvolvimento.

“Acho que em Portugal estamos a dar pouca atenção à economia digital”, afirmou, salientando que este tem sido um “tema central de muitos governos na Europa”.

A atenção “que é dada ao digital é crucial”, salientou, lembrando temas como a Internet das coisas (em que vários dispositivos comunicam entre si), a própria indústria do setor ou mesmo o esperado desenvolvimento da quinta geração (5G), que vai trazer uma enorme alteração tecnológica.

“Os países nórdicos estão a dar importância a este tema e Portugal não está a dar atenção”, disse.

Fátima Barros salientou que Portugal tem “cerca de um terço da população sem acesso à Internet”, pelo que “deveria haver uma atenção do parlamento a este assunto” da economia digital.