Benefícios dos alimentos ricos em flavonóides

Estudo sugere que a melhor forma de controlar o peso é comer mais alimentos ricos em flavonóides. E que outros impactos esta ingestão terá?

1731

Comer mais alimentos ricos em flavonóides ajuda a não ganhar peso. É o que sugere um estudo que acompanhou homens e mulheres durante 24 anos.

O estudo publicado no British Medical Journal destaca que comer frutas e vegetais ricos em flavonóides, como a maçã, peras, frutos vermelhos, brócolos ou pimento poderá, além de ajudar a controlar o peso, contribuir para a saúde corporal. Eis alguns benefícios de aumentar o seu consumo de flavonóides:

1. Protegem da doença de Parkinson. As dietas ricas em flavonóides podem proteger os homens (mas não as mulheres) da doença de Parkinson. É o que sugere um estudo da Harvard School of Public Health and Norwich Medical School que envolveu 130 mil homens e mulheres entre os 20 e os 22 anos.

2. Ajudam a combater a disfunção erétil. Um estudo, publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, que envolveu 50 mil homens sugere que os que consumiam alimentos ricos em flavonóides regularmente, especialmente os que também contêm antocianinas e flavonas tinham um risco 10% menor de disfunção eréctil do que os homens que não fizeram. Os homens que praticavam desporto e consumiam alimentos ricos em flavonóides viam o seu risco cair 21%.

3. Combatem a diabetes e baixam a tensão arterial. Os fenóis são compostos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Ajudam a combater a diabetes tipo 2 ao evitar que os alimentos ricos em hidratos de carbono se transformem rapidamente em glucose. Ajudam ainda a baixar a tensão arterial, promovendo a saúde cardiovascular.

4. Diminuem o risco de AVC. Estudos revelam que os alimentos ricos em flavonóides como as peras protegem-no e diminuem o risco de sofrer um AVC. Estes alimentos foram ainda associados a um menor risco de morte por doença arterial coronária e problemas cardiovasculares.