O que as grandes tecnológicas têm em comum? Não querem Donald Trump

Tim Cook, Larry Page e Elon Musk terão tido uma reunião com o objetivo de encontrar formas de prevenir que o candidato republicano seja nomeado pelo partido.

738

Os comentários feitos por Donald Trump nas suas campanhas não têm deixado nem indiferente e a popularidade do magnata parece ter chegado a um ponto em que até os líderes das principais tecnológicas estão desconfortáveis.

Dessa forma, conta o The Huffington Post que líderes como Tim Cook, CEO da Apple, Larry Page, CEO da Apple, Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX e Sean Parker, criador do Napster, atenderam a um evento especial onde Donald Trump foi um dos temas. Mais especificamente, procurou-se encontrar formas de impedir que Donald Trump chegue a ser nomeado candidato republicano e defronte Hillary Clinton na fase final da corrida presidencial.

O evento, de nome American Enterprise Institute’s annual World Forum, teve lugar numa ilha ao largo do estado da Georgia e a ele atenderam também alguns políticos e senadores norte-americanos. Terá sido por iniciativa destas personalidades que o CEO da Apple voltou a ser chamado a atenção sobre o caso do iPhone de São Bernardino e a necessidade de cooperar com o FBI, um tema que Tim Cook não esteve disponível para discutir.