Quem não gosta de verdadeiros manjares dos deuses? «Comer e chorar por mais», já ouviu a expressão? Acredito que sim, mas aqui, no 1300 Taberna, a arte de comer é muito mais do isso… é um estado de alma, um conceito que se interioriza na forma como somos servidos e como saímos satisfeitos, sempre com um fito… regressar. Porque quem visita o 1300 Taberna, sabe que tem de voltar. Não por obrigação, mas porque a nossa mente assim o diz, porque para boas sensações queremos sempre regressar. Venha conhecer um espaço onde o aroma e o paladar nos dilatam os sentidos.

Nuno Barros e Helena Pereira
Nuno Barros e Helena Pereira

Situado no Lx Factory, em Alcântara, o 1300 Taberna é um espaço diferente, acolhedor e descontraído. Com uma cozinha contemporânea assente em raízes portuguesas, a cozinha da responsabilidade do chef Nuno Barros utiliza produtos nacionais, ingredientes sazonais e biológicos promovendo a sustentabilidade.
O 1300 Taberna é referência de cozinha, atendimento e qualidade de topo quando o assunto é comer e estar bem.
O empreendimento ocupa espaço numa antiga zona industrial, remodelado pelo atelier Coisas na Terra, a cargo de Rosarinho Gabriel – vários elementos não nos deixam esquecer o ar industrial do espaço, mas a decoração em tons de cinzento, preto e vermelho dá charme e sofisticação à sala.
Com uma expressiva sala que mistura ambiente industrial, tradicionalista e design de prestígio com peças antigas misturadas com outras mais contemporâneas, onde sobressaem os grandes e bonitos candeeiros, assim como as cadeiras, muitas das quais, diferentes – o espaço proporciona um ambiente acolhedor e tem uma vasta oferta de produtos.

Inovar na cozinha tradicional portuguesa
“Na altura que procurávamos um espaço andamos a ver várias zonas, mas gostamos desta. Tem alguns pormenores importantes, como a enorme facilidade de estacionamento à noite, o que, em Lisboa é um luxo e está, cada vez mais, a ganhar vida”. Quanto ao próprio restaurante, “tem imensa luz de dia e à noite, com pouca iluminação consegue-se criar um ótimo ambiente”, conta o proprietário.
O restaurante surge com o conceito de inovar na mostra e confeção da comida tradicional portuguesa “a proposta é oferecer serviços de excelência e apresentar o sabor português”, sublinha Helena Pereira, responsável de comunicação.
Exemplo de utilização de produtos tradicionais “é prova da aposta feita para defender o produto da terra e cativar o cliente que quer conhecer a gastronomia portuguesa, mas de forma inovadora, gostamos de surpreender”, realça o proprietário.
Os produtos são fornecidos pelos pequenos produtores e empresas e a diversidade de produtos é garantia da casa.
O menu é variado e diversificado e a “grande equipa que temos na cozinha, que conta com seis elementos, tenta sempre responder a todas as necessidades”, explica o proprietário realçando a qualidade dos seus colaboradores.

_MG_9411Onde tudo é bom
A «prata da casa» é o bacalhau à Brás, o caldo verde, sem nunca esquecer as saborosas bochechas de porco, e ainda nas sobremesas o bolo de chocolate e o Crème Brûlée, com presença assídua na carta.
Questionado sobre a estratégia para atrair clientes, revela que existe uma “fidelização instalada, normalmente, de um público viajado, propício a experimentar novos pratos e que adere a novas adaptações”. “O nosso tipo de cliente é um cliente que já vem referenciado ou é um cliente habitual, depois trabalhamos muito o mercado estrangeiro”, explica.
No que diz respeito ao panorama nacional, considera que nos últimos anos têm sido criados um grande número de espaços no setor “neste momento, Lisboa tem projetos engraçados, novos conceitos, chefs muito capazes o que também é importante, porque não se pode apostar no turismo sem capacidade de resposta de qualidade e, no meu parecer, acho que o setor tem conseguido responder”, afirma Nuno Barros.
Quanto ao futuro do restaurante o proprietário acrescenta que o objetivo passar por continuar a inovar e a trabalhar a carta mantendo a qualidade e mostrando aos clientes que sempre serão bem recebidos no 1300 Taberna.