Uma nova era na Oftalmologia

Opinião, Sandra Barrão, Assistente Hospitalar Graduada de Oftalmologia do Instituto de Oftalmologia Dr. Gama Pinto - IOGP

1778

A oftalmologia é uma especialidade médico-cirúrgica em que a evolução tecnológica tem tido um papel deveras importante quer no diagnóstico quer no tratamento das doenças oculares. E para isso tem tido especial papel a estreita relação entre a Medicina e a Física.

A imagiologia da retina tem sido alvo de um grande desenvolvimento nos últimos 18 anos com o advento da Tomografia de coerência ótica (OCT). Esta tecnologia revolucionou o diagnóstico e o seguimento da patologia oftálmica, e em particular da retina. O OCT marcou o início de uma nova era na Oftalmologia: a análise estrutural do globo ocular.
As suas imagens de alta resolução são comparáveis, a nível de detalhe, a um exame histológico – “biopsia” in vivo, não invasiva, de não contacto, reprodutível e rápida das estruturas oticamente acessíveis do globo ocular.
Está amplamente divulgada e, em poucos anos, tornou-se um exame indispensável em oftalmologia, dadas as suas características únicas.
A degenerescência macular da idade, primeira causa de cegueira nos países desenvolvidos e a retinopatia diabética, primeira causa de cegueira em indivíduos em idade ativa, são áreas onde o OCT se tem revelado crucial.
Faculta-nos uma avaliação morfológica e morfométrica das estruturas – análise qualitativa e quantitativa. Tem papel preponderante na decisão terapêutica e na avaliação da eficácia da mesma.
A procura de mais informação e maior resolução tem levado a indústria a um aperfeiçoamento da técnica, sempre com o intuito de melhor servir o doente.
Atualmente está disponível uma nova tecnologia OCT – o Swept Source OCT. Ao utilizar um feixe de luz com maior comprimento de onda, permite uma maior visualização dos tecidos mais profundos e maior penetração, ultrapassando algumas opacidades dos meios, como a catarata ou condensações do vítreo. Num mesmo scan de aquisição, analisa com alta resolução o vítreo, a retina, a coroideia e a esclera. A grande rapidez de aquisição, 100000 A scan/segundo e o facto de o scan ser invisível facilita a fixação do olhar por parte do doente, reduzindo os erros originados pelos movimentos oculares involuntários. Incorpora, ainda, num mesmo aparelho, a capacidade de realizar a fotografia a cores do fundo ocular, a avaliação da autofluorescência da retina e a angiografia fluoresceínica convencional.
O Instituto de Oftalmologia Dr. Gama Pinto (IOGP) tem o privilégio de ser o primeiro Hospital público a ter disponível esta mais valia no apoio aos seus utentes e aos referenciados por outras instituições que não disponham da técnica.
A preocupação permanente de disponibilizar cada vez melhores cuidados ao doente culminou num novo modo de realizar angiografia – o Angio OCT. Permite visualizar a vascularização do fundo ocular de forma não invasiva, sem a injeção de contraste (que pode ter efeitos adversos graves), e ainda de uma forma tridimensional. Tem aplicações específicas, de momento. O seu aperfeiçoamento terá um grande impacto como método complementar de diagnóstico.

Quem é a TOPCON?

A TOPCON é uma marca japonesa especializada em oftalmologia e topografia, áreas em que lidera com um posicionamento de referência no mercado mundial.

Surgiu em 1930 e foi solidificando a sua experiência no fabrico de equipamentos topográficos bem como como binóculos e câmaras, ao longo de mais de 80 anos.
Em 1948 alargou o negócio à área da oftalmologia, para a qual contribuiu com a criação de equipamentos inovadores. Foi pioneira no desenvolvimento do autorefratómetro com infravermelhos e sistema de visualização em 1978, o que contribuiu para melhorar a rapidez e precisão do exame refrativo ocular e também a primeira a desenvolver um tomógrafo de coerência ótica 3D de domínio espectral, que veio permitir a visualização das camadas da retina com retinografia em simultâneo com uma resolução e rapidez nunca antes conseguidas. Mais recentemente desenvolveu uma nova tecnologia Swept Source nos tomógrafos de coerência ótica 3D elevando ainda mais a resolução destes equipamentos e permitindo uma precisão no diagnóstico oftalmológico sem precedentes, confirmando o forte grau de inovação e de liderança.
O constante crescimento da TOPCON levou à criação de parcerias e incorporação de outras empresas internacionais, nomeadamente a da empresa HOYA em 2005, da americana ANKA (especialista em redes de oftalmologia) no ano seguinte, e do segmento de Glaucoma e retina da empresa Optimedica em 2010. No mesmo ano criou ainda a empresa Laser Systems, dedicada ao fabrico de lasers para sistemas de medição.
A TOPCON é singular por ser a única empresa do setor a possuir tecnologia ótica adaptada a vários comprimentos de luz e as soluções apresentadas pela marca na área de Oftalmologia têm permitido diferentes aplicações médicas, desde diagnóstico ao tratamento.

O perfecionismo japonês
A essência da cultura japonesa centra-se, desde tempos milenares, na filosofia do “DO”. Esta palavra japonesa, apesar de não ter tradução literal para outras línguas, significa “caminho” e remete para a incessante busca da perfeição, presente em diversas áreas e setores do referido país. Assim, os japoneses apresentam, aliada a uma forte capacidade de adaptação e integração, uma procura constante pelo rigor e perfecionismo.