Um novo estudo revelou que donos de cães são mais felizes, sociáveis e com maiores rendimentos do que pessoas que têm gatos. Outra das conclusões do estudo é que os donos de cães têm relações sexuais mais vezes do que donos de gatos.

Segundo o Telegraph, o estudo realizado pela VetPlus – empresa que desenvolve farmacêuticos para animais – revela que as pessoas que têm um cão costumam ter mais sucesso a nível de emprego do que donos de gatos, mas também caracterizam a sua vida como mais “stressante”. Relativamente a relações sociais, os donos de cães afirmam ter, em média 15 amigos chegados, já os donos de gatos têm cerca de 12 amigos.

O mesmo estudo revela que quem tem um gato beneficia mais da sua companhia e que as despesas com o animal de estimação são menores, comparativamente a quem tem um companheiro canino. Em média, para manter um gato alimentado e saudável, os donos gastam 60 euros. Já quem tem um cão gasta, em média 76 euros.

O estudo mostra também que os donos de cães, em média, gostam mais dos seus animais de estimação do que as pessoas que têm gatos. Em média, os visados no estudo declararam que gostavam (numa escala de 0 a 10) 9,5 dos seus cães, enquanto os donos de gatos classificaram o seu nível de afeto pelo animal de estimação em apenas 8.

O estudo foi feito com recurso a 1.500 adultos que tinham ou cães ou gatos. Segundo um porta-voz da VetPlus, responsável pelo estudo, o objetivo era perceber “a diferença entre os donos de cães e gatos e o que os leva a visitar um veterinário”, escreve o Telegraph.