Custo da mão-de-obra sobe 1,3% na zona euro no 4.º trimestre de 2015

O custo horário da mão-de-obra aumentou 1,3% na zona euro e 1,9% na União Europeia no quarto trimestre de 2015, face ao mesmo período de 2014, divulgou hoje o Eurostat.

1112

Entre outubro e dezembro últimos, segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), o custo por hora da mão-de-obra teve as maiores subidas homólogas na Roménia (11,4%), na República Checa (8,6%), na Letónia (7,7) e na Bulgária (5,8%).

As maiores quebras no indicador foram observadas em Itália e Chipre (-0,8% cada), Holanda (-0,4%) e Luxemburgo (-0,1%).

Em Portugal, o custo horário da mão-de-obra subiu 2,0% no último trimestre de 2015, face ao período homólogo.