FBI avisa para riscos de hacking a carros

Agência norte-americana avisa que os veículos a motor são cada vez mais vulneráveis a hacking.

1787

O FBI e administração de segurança rodoviária dos Estados Unidos lançaram um boletim a avisar que os veículos a motor são “cada vez mais vulneráveis” a hacking e aconselha a manterem-se alertas para potenciais problemas e ameaças cibernéticas.

Em julho de 2015, a Fiat Chrysler Automobiles chamou 1,4 milhões de veículos norte-americanos para instalar software, depois de um artigo ter alertado para a possibilidade de hacking aos seus veículos.

Também o ano passado, a General Motors lançou uma atualização de segurança para a sua aplicação de smartphones porque poderia permitir a hackers tomarem controlo de algumas funcionalidades do Volt, o seu carro eléctrico.