O que já se sabe

439

— Duas explosões fortes na zona de partidas do aeroporto de Zavantem perto das 8h locais. Oficialmente está confirmado um morto, sendo que testemunhos no local e fontes hospitalares falam em 10 ou 11 vítimas mortais. Dezenas de feridos.

— Governo belga diz em comunicado que está em cima da mesa a possibilidade de ter sido um atentado. Alguma imprensa fala em bombista suicida no aeroporto.

— Pouco depois nova explosão na estação de metro de Maelbeek, situada muito perto do bairro europeu em Bruxelas, onde está a sede da Comissão Europeia. Não há confirmações de número de vítimas neste local.

— Toda a Bélgica está sob nível máximo de alerta terrorista. O Conselho Nacional de Segurança já foi convocado, segundo o gabinete do ministro do Interior.

— Todas as estações de metro foram fechadas, assim como todos os acessos ao aeroporto, tanto de carro como de comboio. Voos cancelados.

— Tudo aconteceu em plena hora de ponta. O aeroporto de Bruxelas recebe em média 50 mil passeiros por dia, sendo um dos que maior circulação regista na Europa.