Os bombeiros municipais e voluntários de Viana do Castelo estão a proceder ao resgate de nove jovens que ficaram nesta segunda-feira isolados num vale, na freguesia de Amonde, após a subida das águas de uma represa.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros Municipais de Viana do Castelo, António Cruz, adiantou que se trata de “um vale encaixado entre várias linhas de água que derivam numa represa muito utilizada para nadar”.

“As comunicações são difíceis, mas temos informação de que os jovens se encontram todos bem e os primeiros já foram resgatados”, explicou António Cruz.

Aquela zona é localmente conhecida como “Pincho” e, sobretudo no verão, é muito frequentada por banhistas.

Os nove jovens, oito rapazes e uma rapariga, com idades entre os 19 e os 25 anos, são da Póvoa de Varzim, e “estariam acampados naquela zona, tendo sido surpreendidos pela subida das águas da represa, devido à chuva intensa que tem caído nas últimas horas”.

Ao local compareceram uma equipa de técnicos de Salvamento em Grande Ângulo (SGA) dos bombeiros municipais de Viana do Castelo apoiados por uma viatura e os bombeiros Voluntários da cidade com mais uma viatura e quatro homens.

O alerta foi dado aos bombeiros às 08h52.