PJ detém 12 suspeitos de tráfico de armas e posse de material de guerra

Detidos têm idades entre 30 e 71 anos e são suspeitos de crimes de associação criminosa e tráfico de armas. Foi apreendida elevada quantidade de armas, munições e material de guerra.

1191

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real anunciou esta quarta-feira a detenção de 12 suspeitos dos crimes de associação criminosa e tráfico de armas na região Norte e a apreensão de elevada quantidade de armas, munições e material de guerra.

Os inspetores da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, em conjunto com a Diretoria do Norte da PJ, detiveram 12 homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 71 anos, sobre os quais recaem “fortes indícios” da prática dos crimes de associação criminosa e tráfico e mediação de armas.

A operação policial decorreu em várias localidades do Norte do país e culminou com a realização de 20 buscas domiciliárias.

A PJ anunciou a apreensão de 5.058 munições de diversos calibres, 22 armas curtas, nove armas longas, seis armas elétricas, nove aerossóis, 12 armas brancas, oito granadas, três sabres baioneta, cerca de mil artigos considerados material de guerra e fardamento militar e, ainda, centenas de peças de armas de fogo (carregadores, carcaças, coronhas, platinas, corrediças, canos).

Nesta operação, a PJ contou com a colaboração da Polícia Judiciária Militar, da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana. Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.