“Isto é publicidade à borla para nós”, diz motorista da Uber

Em dia de manifestação contra a Uber, o Observador viajou com um condutor da plataforma. "O dia está a correr bem", apesar das dificuldades causadas pelo trânsito, contou ele.

1668

No dia da marcha lenta dos taxistas contra a Uber, o Observador solicitou um dos motoristas da empresa para uma viagem de teste. Logo ao aceder à aplicação recebeu uma mensagem de alerta a informar que, por causa da “paralisação organizada pelas associações de táxi portuguesas”, “as opções de mobilidade” seriam “mais reduzidas”.

O aviso confirmou-se logo de seguida. A aplicação informou depois que o tempo de espera previsto para a chegada do motorista à Rua dos Caetanos (onde fica a redação) era de 21 minutos.

“O dia está a correr bem mas como há muito tempo de espera tem havido muitas pessoas a cancelar as viagens”, começa por dizer Morais, o motorista que nos foi atribuído para a viagem desta sexta-feira. “Cheguei a pensar que talvez fosse cancelar também”, diz-nos ainda.