Depois das últimas notícias na Carolina do Norte – em que o o governor Pat McCrory proibiu os transexuais de usarem casas de banho que não correspondam com o género que está na certidão de nascimento – a admnistração de Obama lançou uma nova ordem.

Todas as escolas públicas têm de autorizar os alunos a irem às casas de banho com que se identificam. “O decreto diz respeito às varias diretrizes que as escolas têm de seguir para conseguirem proteger os alunos de discriminação”, noticia o New York Times.

A declaração, assinada pelo departamento de Justiça e de Educação, “não tem a força de uma lei, mas contém uma ameaça implícita: as escolas que não cumprirem as instruções da administração de Obama, podem enfrentar processos ou uma perca de ajudas federais”, conta o New York Times.