Normalização como fator de competitividade

OPINIÃO DIREÇÃO LABORATÓRIO HIGH LEVEL NETWORK LAB O Laboratório High Level Network Lab é uma infraestrutura única a nível nacional no ensino superior, que permite a simulação de uma rede de operador de telecomunicações, desde a rede de cliente, passando pelo acesso e distribuição, até à rede de transporte e de serviços e conteúdos Cloud.

1009

 

Estas funções deverão ser complementadas pela informação tecnológica, as tecnologias de gestão (com ênfase inicial em gestão da qualidade) e a propriedade intelectual, áreas denominadas genericamente como serviços de infraestrutura tecnológica.

Assim a adequada observação, análise e incorporação destas ciências, em cada negócio, possibilita, ao empresário, a internacionalização dos seus produtos através da adequação do seu produto às exigências técnicas obrigatórias, em cada respetivo mercado, na melhoria da qualidade dos seus produtos, bem como da agregação de valor através de certificações voluntárias.

Neste contexto, as atividades de metrologia, normalização, regulamentação técnica e avaliação da conformidade, bem como outras ações de suporte à pesquisa, desenvolvimento e engenharia, passaram a ser vitais para garantir a modernização tecnológica da empresa, bem como para viabilizar a inovação tecnológica de forma a aumentar sua capacidade competitiva.

Cabe ressaltar que nos principais mercados é cada vez mais frequente a exigência de certificações, algumas com recurso a ensaios realizados por laboratórios acreditados e conduzidos segundo normas e regulamentos técnicos.

Portugal, tem como um dos pontos fortes para a sua competitividade empresarial, uma rede de serviços tecnológicos cada vez melhor estruturada e equipada para dar suporte à indústria e aos demais setores da economia no sentido de apoiar as empresas a cumprir com as exigências técnicas e incrementar sua capacidade de competir no plano internacional.

Aproveitemos todo o potencial desta rede de serviços tecnológicos e ganharemos todos, empresas, certificadores e laboratórios e naturalmente Portugal e os portugueses.

High Leverage Network Laboratory

Este projeto, resultado de uma parceria entre o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e a Alcatel-Lucent (atual NOKIA) foi inaugurado oficialmente em 2013, e é um dos mais avançados e completos do país em tecnologia IP/MPLS de última geração e um dos primeiros do mundo a serem dotados com a tecnologia Software Defined Networks (SDN) sendo uma referência na área das Tecnologias de Informação e Comunicação.

O objetivo principal do laboratório passa por assegurar uma formação sólida e prática nas novas tecnologias de comunicação, suportada por um conjunto de equipamento de última geração de nível de operador IP/MPLS e service routers, contribuindo para a empregabilidade e competitividade dos alunos e quadros portugueses no país e no mundo e abrangendo um universo de mais de 150 estudantes por ano, repartidos pelos diversos cursos de licenciatura e mestrado em eletrónica e comunicações; informática e computadores; informática e multimédia; informática, redes e telecomunicações. O projeto potencia igualmente a participação do ISEL em projetos inovadores nacionais e internacionais nas diferentes áreas suportadas pelo laboratório, com diferentes entidades públicas e privadas. Esta infraestrutura tem permitido igualmente responder a diversas empresas que pretendem uma formação de qualidade baseada em prática laboratorial, preparando e reciclado os quadros técnicos nas novas tecnologias de comunicação.

O High Level Network Lab  integra atualmente quatro áreas. A área principal é o IP/MPLS, constituída por um conjunto de service routers de core e edge que suportam protocolos avançados em IP e MPLS; mobile backhauling 2G, 3G e LTE; transporte de conteúdos multimédia através de IP/MPLS; redes de transmissão de média e longa distância; análise e desenho de soluções de comunicações; políticas de gestão de QoS e gestão de assinantes.

A área de acesso é constituída por uma rede de acesso e distribuição ótica e de cobre, de equipamento ativo para suporte de redes de acesso GPON e xDSL, desde a componente de operador até aos equipamentos terminais de assinante. Esta área de acesso está diretamente relacionada com a área das infraestruturas de telecomunicações em edifícios e urbanizações (ITED e ITUR), tendo sido criada uma infraestrutura para o ensino nesta área. Esta componente foi resultado de uma parceria com a TEKA Eletronics e a EFAPEL, tendo sido acreditada pela ANACOM como laboratório de suporte à formação de projetistas e instaladores ITED e ITUR.

Finalmente o laboratório conheceu recentemente uma nova e importante fase de desenvolvimento com a instalação de uma infraestrutura computacional e de plataforma de gestão de serviços que permite a investigação e experimentação de infraestruturas computacionais na área da Cloud e em redes SDN.

O High Level Network Lab constitui atualmente um ecosistema para o ensino, formação e desenvolvimento de projetos inovadores e parcerias com indústria, contribuindo para um fortalecimento das competências técnicas dos futuros engenheiros.