Segundo fonte policial, o individuo, identificado como Randu Alexander González Azacón, foi encontrado esfaqueado, amordaçado e manietado no quarto do hotel, onde deu entrada na passada quarta-feira, acompanhado por outra pessoa.

O caso está a ser investigado pelo Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas, que foi alertado pela administração do hotel, após o cadáver ter sido encontrado pela empregada de limpeza.

Fontes não oficiais disseram à Lusa que as autoridades solicitaram os vídeos de segurança do hotel, onde aparece a pessoa que entrou acompanhando a vítima e que deixou as instalações do hotel algumas horas depois.

O sistema de videovigilância terá estado a funcionar normalmente, apesar da zona ficar às escuras várias horas por dia, devido ao racionamento de energia elétrica, o que obriga o hotel ter que gerar a sua própria eletricidade, cujo uso, durante esse tempo, é limitado nos quartos.