“Reiterando o seu compromisso de revigorar as relações bilaterais e lutar contra o terrorismo em conjunto, os dois líderes concordaram manter-se em contacto e encontrarem-se pessoalmente”, indicou num comunicado, divulgado após Recep Tayyip Erdogan e Vladimir Putin terem falado ao telefone.

A conversa ocorreu um dia depois de Ancara ter lamentado o facto de aviões turcos terem derrubado em novembro o avião de guerra russo na fronteira com a Síria.