Não há nada como um feito futebolístico para reunir o consenso dos nossos políticos. Da Esquerda à Direita, entre as mensagens de orgulho e as fotografias de festejos vários foram os deputados que se manifestaram no Facebook.

Assunção Cristas, umas das mais entusiastas, utilizou a sua página para dar os parabéns à Seleção, agradecendo o feito conquistado. “Parabéns por esta vitória que nos enche de uma extraordinária alegria”, começou por escrever a centrista, destacando mais adiante Fernando Santos e Cristiano Ronaldo. A líder do CDS partilhou fotografias dos festejos após o jogo.

Do Bloco de Esquerda, Marisa Matias demonstrou quanto a vitória de Portugal a alegrou. “Sim, estou feliz. Não sou ressacada, gosto de futebol. Sim, esperei por este momento. E, sim, isto não me faz estar menos atenta ao que muda a nossa vida. Mas, vá lá, deixem-me ficar feliz uns momentos, sem baixar a guarda, porque estou”, publicou a eurodeputada no Facebook.

Partilhando a imagem de Cristiano Ronaldo emocionado, no momento em que se lesiona no início da primeira parte, o socialista Tiago Barbosa Ribeira não fez a coisa por menos: “Como sempre, o futebol foi maior do que a vida”, escreveu, rematando toda a emoção com uma pergunta: “Será que com jogos como o de hoje já percebem por que acompanhamos isto (e vibramos, gritamos, emocionamo-nos) todo o ano?

Rui Tavares, do Livre, também se manifestou, dizendo que o país “merece isto há muito tempo”. “Muita gente que está feliz, de Díli a Paris a Lisboa ao Porto à Madeira e aos Açores. Que felicidade. Só me lembro dos portugueses com quem eu via os jogos da seleção em Paris, perto de Barbès-Rochechouart. Amanhã vão chegar ao trabalho com um sorriso de orelha a orelha”, garantiu Rui Tavares.