Já se esperavam boas notícias na semana passada, mas a verdade é que as marcas nacionais de venda de combustíveis decidiram manter os preços iguais. A desilusão foi a regra em todo o país e apesar dos descontos habituais de fim de semana, os valores a pagar pelo gasóleo e gasolina ficaram muito semelhantes.

No entanto, as boas notícias deverão ser inevitáveis na próxima segunda feira, após mais alguns dias de quedas nos mercados internacionais. O gasóleo ficou cerca de 1,6% mais barato e a gasolina passou a valer menos 0,7%; as variações podem parecer pouco significativas, mas o acumular de descidas deverá trazer uma revisão em baixa nos postos nacionais.

Para o gasóleo, a queda poderá chegar a um cêntimo por litro, enquanto a gasolina deverá custar menos meio cêntimo na maior parte dos postos de abastecimento nacionais.

De acordo com os dados da Direção-Geral de Energia e Geologia, os preços na passada sexta-feira (antes dos descontos de sábado e domingo) estavam numa média de 1,132 euros/litro no gasóleo sem aditivos e de 1,368 euros por litro na gasolina 95 simples.