“O TOMI foi pensado e criado para todas as cidades do mundo”

Em conversa com José Agostinho, CEO da TOMI WORLD, a Revista Pontos de Vista ficou a conhecer o TOMI, um equipamento urbano interativo criado e pensado para quem vive e visita a cidade, e muito mais. Venha conhecer a TOMI WORLD, uma tecnológica portuguesa que é hoje um player de sucesso.

1061

Com ambição global, a TOMI WORLD tem vindo a expandir-se por todo o país, em várias cidades e além fronteiras. Que mais-valias acarreta esta tecnologia para as cidades e seus utilizadores?

Até ao lançamento do 1º TOMI em 2012, a TOMI WORLD passou por um processo de dois anos de investigação e desenvolvimento em exclusivo. Hoje juntamos quatro anos de operação de rua e experiência de comportamento e interação em ambiente outdoor e indoor em Portugal.

Os TOMI são equipamentos urbanos digitais interativos, capazes de funcionar em rede e de forma geolocalizada. Têm como missão recolher e difundir, de forma integrada e oportuna, a informação que existe hoje nas cidades, acrescentando-lhes valor, melhorando a qualidade de vida a quem nelas habita e a experiência de quem as visita.

Colocados em locais estratégicos contribuem para transformar as cidades, melhorando a sua relação com os cidadãos facilitando o acesso à informação. Estes dispositivos estão equipados com uma plataforma tecnológica que contém um sistema integrado de informações úteis, micro locais, geolocalizadas, de forma a permitir que os habitantes obtenham informação relevante e curada no local onde se encontram. Na era da partilha e da comunicação global, o TOMI permite a interação com qualquer dispositivo móvel e dispõe de funcionalidades que simplificam o dia-a-dia das pessoas.

Neste curto espaço de tempo obtivemos já diferentes distinções das quais destacamos Produto/Serviço do Ano, atribuído pela Associação de Hotelaria Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), a nomeação para Produto do Ano pela European Digital Communication Awards e mais recentemente, o Worldwide Technical Innovation Award, o mais alto galardão mundial de inovação do setor OOH (Out of Home), atribuído pela FEPE International, a federação internacional de empresas de publicidade exterior.

O TOMI é uma solução tecnológica interativa pensada e criada para quem vive e visita a cidade. Direcionado para as necessidades atuais das cidades, assenta na otimização da mobilidade urbana. Para quem ainda não conhece, como funciona esta plataforma?

O TOMI é um equipamento interativo de informação urbana, criado para servir e interagir com a população. Tem como objetivo prestar informação oportuna, relevante e atualizada, acessível a todas as pessoas, todos os dias, no sítio certo e à hora certa, usando um critério de proximidade que privilegia as opções que o utilizador tem mais perto de si. Estes conteúdos e a experiência com o TOMI, podem ser complementados com uma integração com os smartphones e as redes sociais.

A plataforma digital e interativa assenta em quatro áreas base: Noticias, Agenda, Diretório e Transportes – mais uma área Fun zone para City marketing.

O Diretório apresenta de forma agrupada tudo o que a cidade tem para oferecer, desde pontos de interesse, oferta comercial, serviços, informações de utilidade pública, entre outros. Dependendo do local onde estiver a ser feita a consulta no TOMI, o utilizador poderá navegar em diferentes categorias que vão desde Onde Dormir, Onde Comer, O que Fazer, entre outras. Pode-se ainda partilhar a informação por email ou QR Codes e transferir os contactos e a georreferenciação para o smartphone, mesmo estando offline.

Na área de Notícias são disponibilizadas notícias locais, atualizadas permanentemente. O objetivo é informar e dar voz a quem “vive” a cidade. No menu de categorias é possível segmentar a pesquisa por diferentes temas, como por exemplo desporto, arte, cultura, entre outros. Elas são apresentadas por ordem de publicação e a navegação é feita de forma intuitiva e universal em linha com os produtos tecnológicos mais atuais. A informação pode ser enviada por email ou partilhada através de sistema QR Code para o smartphone.

Na Agenda estão reunidos os principais acontecimentos culturais, desportivos ou outros de interesse local que estejam a decorrer na cidade.

A agenda disponibiliza uma lista dos eventos do dia, da semana e do mês. Dessa forma o utilizador pode recolher, partilhar e guardar a informação por um período temporal do seu interesse, via email ou integrando os dados no seu smartphone por sistema QR Code.

Na área de Transportes pretende-se promover a mobilidade urbana, com recurso à utilização de transportes públicos disponíveis na cidade. O objetivo é indicar os melhores itinerários, desde um ponto A até um ponto B, tendo em conta a duração, o transporte a utilizar e tipo de mobilidade em causa (transportes públicos, carro ou a pé). O utilizador pode transferir via QR Code as coordenadas GPS para o seu smartphone, mesmo que sem serviço de internet ativo.

Existe ainda uma Fun Zone onde são utilizadas várias ferramentas multimédia de city marketing.

O TOMI assegura uma experiência fiável, estável, intuitiva e de fácil acesso e manuseamento, por parte dos utilizadores de todas as idades. A sua tecnologia é única no mercado mundial e está em evolução contínua, para garantir sempre uma boa experiência para o utilizador.

O TOMI surge num mundo que comunica e partilha ao momento e de forma global. Trata-se de um produto tecnológico com forte potencial de expansão internacional. Que trabalho tem vindo a ser desenvolvido nesse sentido?

O TOMI foi pensado e criado para poder ser implementado em todas as cidades do mundo. Acabámos de concretizar um dos nossos objetivos de expansão, com a implementação de uma rede no Brasil, o maior país da América do Sul. É o primeiro passo na concretização do objetivo de globalização, que faz parte da natureza deste projeto. Há já algum tempo que temos vindo a analisar e a testar o mercado Brasileiro, que é naturalmente atrativo pela recetividade espontânea dos utilizadores, pela natural apetência para produtos tecnológicos e claro, pela notoriedade esperada com a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. A abordagem a outros países da América do Sul também está planeada para os próximos anos.

Com o escritório que pretendemos abrir nos Estados Unidos da América, ainda este ano, contamos introduzir e alicerçar a nossa presença na América do Norte. Pretendemos também avançar para as principais capitais europeias, onde o nosso escritório de Londres servirá de base para essa expansão. Paralelamente existem também abordagens feitas no Golfo Pérsico, já a pensar na concretização de futuras redes em cidades como Dubai, Abu Dhabi e Omã.

A tecnológica portuguesa tem aprovado um investimento significativo. Por onde passa o futuro do TOMI?

O TOMI, enquanto produto tecnológico, está em constante progresso e inovação. Temos previsto um plano total de investimento superior a 4 milhões de euros para os próximos 2 anos destinados a Inovação, Investigação, Desenvolvimento e Internacionalização. Com este plano pretendemos dar continuidade ao trabalho de desenvolvimento tecnológico da plataforma, adicionar mais funcionalidades às redes existentes e instalar novas redes em todo o mundo.