Em quem vão votar Homer e Marge Simpson? Parece que é em Hillary Clinton. Os estúdios 20th Century Fox divulgaram um vídeo no YouTube, fora das temporadas habituais da série, que mostra o momento em que o casal decide em quem votar.

Durante o vídeo, Homer e Marge ligam a televisão e imaginam como seriam Trump e Hillary na Casa Branca.

“São três da manhã e o telefone toca na Casa Branca. Quem quer que o atenda?”, pergunta a voz do narrador no início do vídeo. E são colocadas as duas hipóteses.

No primeiro cenário, com a presidente Hillary Clinton, aparece o antigo presidente Bill Clinton a atender o telefone de emergência e a dizer “já estou a caminho”, antes de se aperceber de que não é presidente. “É para ti”, diz à mulher, passando-lhe o telefone.

O segundo cenário é mais complexamente construído. Trump aparece no seu quarto, ao lado de um livro de “Grandes Discursos de A. Hitler”, a mexer no telemóvel, quando recebe o telefonema de emergência e o rejeita. “Agora não, estou no Twitter”, grita Trump. Só depois de terminar a sua publicação, Trump atende o telefonema e diz, aborrecido, que já vai. Chega uma equipa de maquilhadores que o preparam para sair de casa, mas demora tanto tempo que recebe um novo telefonema. Uma frota de navios chineses aproxima-se dos Estados Unidos, e o “presidente” Trump ordena: “Construam outro muro. Sim, no oceano!”

O casal acaba por decidir votar em Hillary Clinton, mas Homer não fica imediatamente convencido. Só quando Marge o ameaça é que o pai da família Simpson toma a decisão final. “E foi assim que me tornei um democrata, termina Homer”.

Num episódio mais antigo, a série tinha previsto a hipótese de Trump ser presidente dos EUA, num cenário em que a filha do casal, Lisa Simpson, chega à presidência e tem de lidar com a falência do país deixada pelo “presidente Trump”.